Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Fundos imobiliários para investir (e outros para esquecer) em julho, segundo a Warren

Diana Cheng
01/07/2022 - 21:48
Imóveis Itaim Bibi
Carteira de fundos imobiliários da Warren tem parcela relevante alocada em tijolos (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

Em fundos imobiliários (FIIs), a Warren continua vendo oportunidades no segmento de tijolos e créditos de boa qualidade. Isso explica por que a corretora e gestora de investimentos manteve intacta a sua carteira recomendada, com parcela relevante alocada em tijolos, para julho.

A Warren destaca que, mesmo em um mês desafiador para a classe, sua carteira caiu pouco menos do que o Índice de Fundos Imobiliários (Ifix) em junho, “evidenciando que a escolha das teses tem cumprido seu papel, mesmo nos cenários mais conturbados”.

“O aumento inesperado de juros pelo Fed fez com que os principais segmentos de tijolos sofressem uma forte reprecificação. Entretanto, o Brasil encontra-se a frente do restante do mundo e próximo de um fim de ciclo de alta da taxa Selic, o que tende a beneficiar os imóveis. Dito isso, buscamos uma carteira que consiga sobreviver ao curto prazo para assumirmos mais risco em um futuro próximo”, afirma a corretora.

A Warren segue otimista com os shopping centers, baseando-se em dados de vendas positivas no segundo trimestre do ano. Em relação a lajes, a corretora chama atenção para o desconto do segmento por conta das incertezas do mercado sobre como as empresas irão voltar a ocupar seus escritórios.

“Ainda vemos os valores por metro quadrado muito descontados na Bolsa e descolados da realidade material dos ativos que os fundos detém. O segmento caiu fortemente em junho (-3,8%), mas seguimos confortáveis com nossa alocação, e a queda recente pode, inclusive, abrir oportunidades interessantes”, comenta.

No segmento de lajes, a Warren foca em ativos premium, portfólios AAA, com localizações demandadas e capacidade de correção de aluguéis.

A carteira de FIIs da Warren encerrou o último mês com perdas de 0,86%, ante queda de 0,88% do Ifix.

FoFs pedem por cautela

Enquanto a preferência recai sobre tijolos e créditos de boa qualidade, a Warren está mantendo certa distância de fundos de fundos (FoFs) e CRIs mais arriscados.

Em relação aos FoFs, a Warren atualmente não tem nenhum ativo do segmento na carteira.

A corretora destaca que essa classe costuma ter uma boa performance durante os “períodos de bonança”, gerando ganhos de capital relevantes e engordando seus dividendos. No entanto, o mercado ainda não tem tantas oportunidades para a realização de operações vendidas (gerar ganho na queda do ativo).

“Sendo assim, os FoFs possuem poucos recursos para se defender de uma queda generalizada do segmento imobiliário”, explica a corretora.

Confira os FIIs recomendados pela Warren para julho:

Fundo imobiliário Ticker Peso
Vectis Juro Real VCJR11 10%
CSHG Renda Urbana HGRU11 10%
HSI Malls HSML11 7,50%
JS Real Estate JSRE11 10%
Kinea Rendimentos Imobiliários KNCR11 10%
Mauá Capital Recebíveis Imobiliários MCCI11 5%
VBI Prime Properties PVBI11 10%
Pátria Logística PATL11 5%
XP Malls XPML11 7,50%
Capitânia Securities II CPTS11 5%
Vinci Offices VINO11 5%
RBR Rendimentos High Grade RBRR11 5%
Rio Bravo Renda Logística SDIL11 5%
Green Towers GTWR11 5%

Entre para o nosso Telegram!

Faça parte do grupo do Money Times no Telegram. Você acessa as notícias em tempo real e ainda pode participar de discussões relacionadas aos principais temas do Brasil e mundo. Entre agora para o nosso grupo no Telegram!

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Diana Cheng - 01/07/2022 - 21:48

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto