Comprar ou vender?

Hypera: Após resultado vitaminado, BTG eleva projeção para as ações

26 jul 2021, 8:54 - atualizado em 26 jul 2021, 8:54
Hypera remédios farmácias
O BTG elevou o preço-alvo para o final de 2022 de R$ 42 para R$ 45 e reiterou a recomendação de compra (Imagem: Pixabay/@pexels)

Os resultados “resilientes” da Hypera (HYPE3) no segundo trimestre levaram o time de análise do BTG Pactual a revisar para cima as projeções para as suas ações, revela um relatório enviado a clientes neste domingo (25) e obtido pelo Money Times.

“Os resultados foram sólidos (embora esperados), e vemos Hypera pronto para atingir seu guidance anual”, indicam os analistas Luiz Guanais, Gabriel Disselli e Victor Rogatis.

Eles elevaram o preço-alvo para o final de 2022 de R$ 42 para R$ 45 e reiteraram a recomendação de compra. O valor corresponde a um potencial de valorização de aproximadamente 24%.

“Enquanto a margem bruta no longo prazo deve ser estruturalmente inferior à média histórica devido a um efeito mix (maior participação de genéricos e vendas OTC), as recentes aquisições do Buscopan e Buscofem, OTC da Takeda e portfólio de medicamentos prescritos, bem como 12 marcas da Sanofi, todos agregam valor ao nosso modelo e permanecem a base de nossa postura positiva em relação ao nome”, apontam.

A companhia registrou lucro líquido de R$ 470,6 milhões no 2º trimestre de 2021, alta de 18,7% na comparação com o mesmo período do ano passado A receita líquida cresceu 43,5% e chegou a R$ 1,5 bilhão.

Fundador do Money Times | Editor
Fundador do Money Times. Antes, foi repórter de O Financista, Editor e colunista de Exame.com, repórter do Brasil Econômico, Invest News e InfoMoney.
Twitter Linkedin
Fundador do Money Times. Antes, foi repórter de O Financista, Editor e colunista de Exame.com, repórter do Brasil Econômico, Invest News e InfoMoney.
Twitter Linkedin