BusinessTimes

Ibovespa: Magazine Luiza (MGLU3) perde 2,5% e Minerva (BEEF3) dispara 7%

03 mar 2023, 13:25 - atualizado em 03 mar 2023, 13:26
Ibovespa
O Ibovespa operava em alta, com Magazine Luiza e Minerva nos destaques do pregão (Imagem: Patricia Monteiro/Bloomberg)

O Ibovespa operava em alta nesta sexta-feira (3), em linha com o desempenho positivo dos mercados no exterior.

Por volta das 13h15, as ações de frigoríficos da Minerva Foods (BEEF3) lideravam as altas, com avanço de 7,64% no pregão.

O destaque do setor no Ibovespa acontece após o Ministério da Agricultura confirmar que o caso de vaca louca detectado no Brasil é atípico. Ou seja, sem risco de contaminação.

  • Entre para o Telegram do Money Times!
    Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo. Clique aqui e faça parte!

Outro destaque positivo do dia é a Arezzo (ARZZ3), com avanço de 2,87%. A companhia informou nesta sexta-feira (3) a compra da grife italiana Paris Texas, primeira aquisição internacional da companhia.

A Petrobras (PETR4) também avançava no Ibovespa, com alta de 2%, mas acumulando perdas de 5% na semana. Os investidores seguem acompanhando as sinalizações do governo sobre a mudança na política de dividendos e de combustíveis da petroleira.

Fora do Ibovespa, a JSL (JSLG3) subia 5,92%, após a notícia de que a empresa adquiriu uma transportadora, através de uma operação avaliada em R$ 587 milhões.

Do lado negativo do índice da Bolsa, as ações da Magazine Luiza (MGLU3) perdiam 2,54%, antes de divulgar o resultado do quarto trimestre de 2022, que será divulgado na próxima semana.

A Oi (OIBR3), que também está fora do Ibovespa, despencava 18,87% no pregão, após informar que obteve acordos com parte de seus credores envolvendo dívidas. Nos últimos cinco dias, a ação derreteu 32,34%.

*Com Kaype Abreu, Lucas Simões e informações de agência Reuters

Saiba mais! IMPOSTO DE RENDA: COMO DEDUZIR GASTOS COM HOME OFFICE!

Repórter
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin