Investidores já retiraram US$ 10 Bi da Tether (USDT), elevando dúvidas sobre futuro da moeda

Vitória Martini
23/05/2022 - 10:29
Tether USDT
Para analista, uma implosão da Tether poderia levar o mercado cripto a um “inverno nuclear”. (Imagem: Unsplash/DrawKit Illustrations)

Tether (USDT) já pagou US$ 10 bilhões em saques para investidores, desde que o mercado cripto foi fortemente abalado no início deste mês, levando a stablecoin a perder sua paridade ao dólar.

Dessa quantia, US$ 1 bilhão em USDT foi retirado somente no último final de semana, e US$ 1,5 bilhão foram retirados três dias antes, segundo dados do The Guardian.

A retirada de um valor tão alto indica que a hesitação paira entre os investidores em relação ao futuro de Tether, mesmo depois de a stablecoin ter recuperado seu lastro ao dólar.

De acordo com Business Insider, a implosão da stablecoin de Terra — TerraUSD (UST) — no início deste mês levantou questionamentos sobre as reservas dessa categoria de criptomoeda e o valor delas, enquanto um ativo menos volátil para reserva de valor.

Tether afetada pela queda no mercado cripto

Tether perdeu sua paridade ao dólar no dia 12 de maio, em meio a uma queda ampla no mercado cripto, após os tokens da rede Terra — LUNA e UST — terem entrado em uma “espiral da morte”.

Apesar disso, USDT conseguiu recuperar seu lastro, e estava sendo negociada a US$ 0,999, no momento de publicação desta notícia, segundo CoinMarketCap.

As reservas da Tether já foram alvo de investigação, após auditorias terem mostrado que a stablecoin não tinha 100% de suas reservas em dólares, como a emissora da moeda havia dito anteriormente.

Em seu mais recente relatório sobre as reservas de Tether, publicado na última quinta-feira (19), a emissora da stablecoin afirmou ter US$ 286 milhões em títulos de dívida dos Estados Unidos com vencimento a curto prazo, além de ter reduzido sua parcela de papéis comerciais — um instrumento de dívida de curto prazo sem garantia, emitido por empresas — em troca de títulos do Tesouro americano.

Segundo Business Insider, Tether reduziu em cerca de US$ 4 bilhões suas reservas em papéis comerciais, desde seu relatório anterior, divulgado em fevereiro.

A emissora de USDT tem, agora, US$ 20 bilhões em papéis comerciais, US$ 7 bilhões em fundos de mercado e quase US$ 40 bilhões em títulos do Tesouro dos EUA.

Temor quanto ao futuro de Tether

Uma implosão da stablecoin Tether, que é a principal dessa categoria e a 3ª maior criptomoeda em capitalização, seria desastrosa para o mercado cripto. Isso poderia levar investidores a liquidarem outras posições, segundo o analista da GlobalBlock, Marcus Sotiriou.

“Se os resgates continuarem nesse volume, e a Tether não conseguir dar conta deles, nós poderemos ver um inverno nuclear em cripto”, disse o analista da FXEmpire, AG Thorson.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Vitória Martini - 23/05/2022 - 10:38

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto