Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Mineradores esperam por aumento na taxa de hashes da rede Bitcoin

20/05/2020 - 10:18
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Mineradores estão confiantes que a taxa de hashes da rede voltará a subir quando a temporada de chuvas na China começar (Imagem: Freepik/macrovector)

A dificuldade de mineração da rede Bitcoin, um indicador de competição entre os mineradores, caiu 6% em seu ajuste registrado hoje (20).

A atual dificuldade é de 15,14 trilhões em comparação à sua alta de 16,55 registrada em março. Já se esperava pela queda na dificuldade após o halving do bitcoin na semana passada, em que a recompensa de mineração foi reduzida de 12,5 BTC para 6,25 BTC.

A queda mais recente na dificuldade é a 16ª maior queda na história do bitcoin. É provável que o próximo ajuste de dificuldade aconteça daqui a 15 dias e pode cair ainda mais.

20 maiores quedas de dificuldade (Imagem: BTC.com e The Block Research)

Taxa de hashes também caiu, mas pode aumentar

Outra métrica fundamental da atividade de mineração do bitcoin — taxa de hashes ou poder de processamento da rede — também caiu 25%. Isso indica que mineradores com máquinas ultrapassadas as desligaram após o halving.

“Mineradores estão se ajustando às novas recompensas por bloco pós-halving e vimos uma queda na taxa de hashes do bitcoin, de cerca de 125 exahashes por segundo (EH/s) antes do halving para cerca de 90 EH/s agora. Parte da queda na taxa de hashes é consequência do uso de máquinas ultrapassadas na China. Porém, mineradores em todo o mundo foram afetados”, disse Thomas Heller, diretor comercial global na F2Pool, ao The Block.

Pools de mineração e as taxas de hashes registradas antes e depois do halving, além da taxa de variação (Imagem: Pools de mineração, BTC.com e The Block Research)

Alexandro De La Torre, vice-presidente do Poolin, também concorda. Ele disse ao The Block que cerca de 30% dos mineradores desligaram suas máquinas. Antes do halving, esses mineradores possuíam “pouca rentabilidade”, mas agora desligaram por conta da redução de 50% na recompensa de mineração.

Porém, devido à iminente temporada de chuvas na China, que irá começar aproximadamente no dia 25 de maio, muitas dessas máquinas desligadas podem ser religadas por conta dos custos baratos de energia, afirmaram Heller e De La Torre.

Na China, chove bastante durante a temporada chuvosa (entre maio e outubro) e a energia hidrelétrica fica mais barata.

De La Torre afirmou que a “temporada úmida” na província chinesa de Sichuan irá, sem dúvidas, “impulsionar a taxa de hashes a curto e médio prazo”, pois operadores de fazendas de mineração irão migrar para essa região nos próximos meses.

“Considerando que o preço do bitcoin se mantenha estável, esperamos que a taxa de hashes da rede aumente nas próximas semanas”, afirmou Heller.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 20/05/2020 - 10:18