Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Movida irá emitir até R$ 600 milhões em debêntures

14/10/2020 - 21:18
Movida
Segundo a empresa, a operação será realizada em duas séries, sendo que a primeira terá vencimento em 2023 e a segunda em 2025 (Imagem: Movida/Linkedin)

O conselho de administração da Movida (MOVI3) aprovou a emissão de até R$ 600 milhões em debêntures, mostra fato relevante enviado ao mercado nesta quarta-feira (14).

Segundo a empresa, a operação será realizada em duas séries, sendo que a primeira terá vencimento em 2023 e a segunda em 2025.

“Os recursos obtidos serão destinados para reforço de liquidez, alongamento no perfil de dívida (inclusive, por meio de quitações de dívidas) e gestão do caixa para financiar a renovação e expansão da frota dos veículos”, informa.

Movida pode tirar casquinha de fusão entre Localiza e Unidas?

A Movida também pode se beneficiar com a fusão da Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3), na visão do Credit Suisse.

De acordo com o relatório enviado ao mercado pelo banco, quaisquer medidas impostos à empresa nova empresa provavelmente representariam oportunidades de crescimento significativas e lucrativas para todas as empresas em questão, inclusive a Movida.

No lado negativo, os analistas afirmam que a empresa formada pela fusão será muito maior que a Movida, o que pode deixar a mesma em um nível desigual para competir.

Em relação a combinação de negócios, o Credit aguarda pela movimentação do Cade e espera novas medidas para que o negócio siga em frente, mas vê o anúncio como transformador e um catalisador de coisas positivas para ambas as empresas.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 14/10/2020 - 21:18