Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Neo Gestão reduz participação na IMC de 5,30% para 4,98%

02/06/2020 - 10:42
Cardápio pesado: prejuízo e problemas com credores de debêntures afastam investidores da IMC, dona do Pizza Hut no Brasil (Imagem: Facebook/Divulgação/Pizza Hut)

Mais uma gestora está reduzindo sua exposição à IMC (MEAL3). A Neo Gestão de Recursos informou que baixou sua participação acionária na companhia de 5,30% para 4,98%, equivalentes a 9,752 milhões de papéis. A posição era mantida pela Neo desde 31 de julho do ano passado.

Esta é a segunda gestora a diminuir sua participação na empresa nas últimas semanas. Em 29 de maio, a Van Eck já havia recuado sua posição para 4,42%. No comunicado ao mercado, a Neo informa que não pretende alterar a composição do controle ou a estrutura de direção da IMC.

Más notícias

A IMC atua no Brasil, Estados Unidos e Caribe, com redes de fast food como KFC, Pizza Hut e Frango Assado. Na noite desta segunda-feira (1), a companhia reportou os resultados do primeiro trimestre.

O prejuízo líquido consolidado foi de R$ 50,2 milhões, mais de dez vezes as perdas registradas no mesmo período do ano passado. Os números não consideram o impacto da nova norma IFRS 16, que muda os critérios pra contabilizar arrendamentos mercantis.

O prejuízo é apenas a mais recente má notícia da IMC ao mercado. No fim de maio, a companhia pediu o aval dos credores para descumprir algumas metas financeiras previstas como garantia de debêntures que emitiu.

Veja o comunicado da IMC.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 02/06/2020 - 10:43