O maior pool de mineração de ether não irá mais atender mineradores chineses

24/09/2021 - 13:41
Traduzido e editado por Vitória Martini
Sparkpool
A decisão da empresa foi uma resposta aos mais recentes pronunciamentos de políticas regulatórias na China, as quais proíbem também a negociação de criptoativos (Imagem: Crypto Times)

O maior pool de mineração de ether (ETH) afirmou que não irá mais fornecer serviços a mineradores com sede na China continental.

Sediada na cidade de Hangzhou, Sparkpool disse, em um comunicado feito hoje (24), que irá divulgar mais detalhes sobre a suspensão. Ao mesmo tempo, a companhia disse que a decisão é uma resposta aos mais recentes pronunciamentos de políticas regulatórias.

A decisão foi anunciada apenas horas depois de o Banco Popular da China e a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês) terem publicado declarações acerca de proibições das atividades de mineração e de negociação cripto.

Sparkpool é, atualmente, o maior pool de mineração de ether, baseado em taxa de hashes em tempo real, seguida pela Ethermine.

Em uma declaração assinada no início de setembro, mas publicada nesta sexta-feira, a NDRC, agência central de planejamento macroeconômico, apresentou medidas detalhadas de como irá reforçar a proibição no setor de mineração cripto nos níveis provincial e municipal.

Uma das várias medidas específicas inclui, novamente, a mineração cripto como uma indústria que deve ser eliminada do mais recente Guia de Reestruturação Industrial, do NDRC. 

O Guia serve como uma base legal de alto nível para governos provinciais e municipais agirem em termos de quais indústrias devem ser incentivadas, mantidas ou eliminadas.

Em 2019, a NDRC adicionou, inicialmente, a mineração de bitcoin a um esboço do Guia, em que dizia que a mineração de bitcoin deveria ser encerrada, porém a agência removeu a parte referente ao setor, na versão finalizada do documento.

A NDRC também afirmou, em uma recente conferência, que, apesar de ter sido efetiva no fechamento de instalações de larga escala de mineração cripto, há ainda algumas operações remanescentes que conseguiram permanecer fora do radar da supervisão.

“Embora a retificação quanto a operações de mineração cripto centralizadas e de larga escala tenha sido efetiva, as atividades de mineração cripto agora têm novas características, pois se tornaram descentralizadas, com menor escala e bem escondidas, o que aumenta a dificuldade de localizá-las com precisão”, disse a agência em uma seção de perguntas e respostas do documento, acrescentando que:

Em seguida, iremos trabalhar em um mecanismo a longo prazo para otimizar novas técnicas com diferentes agências governamentais, incluindo departamentos de finanças, energia, negócios, internet, tributários e de supervisão de mercados.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 24/09/2021 - 13:41

Cotações Crypto
Pela Web