Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Por que as ações da Beyond Meat estão disparando nos EUA?

17/01/2020 - 21:13
Beyond Meat
De acordo com o presidente da empresa, as vendas de proteína de origem vegetal podem representar 13% das vendas totais de carne nos supermercados na próxima década (Imagem: REUTERS/Shannon Stapleton)

A Beyond Meat (BYND) está recuperando força após uma drástica queda no ano passado. De fato, a produtora de “carne” de origem vegetal disparou mais de 60% nas duas primeiras semanas de negociação de 2020.

A última pernada de alta em suas ações é resultado de muitos eventos positivos que mostram que a empresa sediada em El Segundo, Califórnia, está rapidamente ganhando participação de mercado, no momento em que os consumidores se interessam cada vez mais por produtos de origem vegetal com aspecto e sabor de carne.

Os investidores foram às compras nas ações da Beyond Meat na terça-feira, depois que o presidente executivo da companhia, Seth Goldman, declarou que a empresa pretende expandir suas operações para a China neste ano, como parte dos seus planos globais.

“Não anunciamos nada ainda, mas nossa expectativa é fazer algo nesse sentido neste ano”, declarou Goldman em um evento da Federação de Varejo Nacional dos EUA.

De acordo com o presidente da empresa, as vendas de proteína de origem vegetal podem representar 13% das vendas totais de carne nos supermercados na próxima década e, para atender essa demanda, seria necessário expandir a produção no exterior.

A notícia fez com que a ação BYND disparasse cerca de 17% em determinado momento do dia de ontem, atingindo US$ 134,78. O papel encerrou o dia com uma alta de 2,4%, a US$ 117,05.

Beyond Meat Semanal

Beyond Meat Semanal

A Beyond Meat tem oscilado feito uma montanha-russa desde que abriu seu capital no início de maio, quando o preço da sua ação estava cotado a US$ 25. Apesar da impressionante corrida do papel neste ano, ele ainda está 40% abaixo do seu pico de julho do ano passado.

No início deste mês, as ações saltaram depois que a gigante do fast-food McDonald’s (MCD) declarou que os hambúrgueres da Beyond Meat que haviam sido testados em alguns estabelecimentos do Canadá são exclusivos da sua rede.

O Dunkin Brands Group (DNKN), outra cadeia de restaurantes, anunciou nesta semana que o rapper Snoop Dogg estrelaria uma campanha publicitária na TV, promovendo seu sanduíche de salsicha feito com proteína de origem vegetal da Beyond Meat.

Elevada avaliação de mercado

Mas o impressionante rali da Beyond Meat também está levantando dúvida na cabeça dos investidores mais cautelosos, que tentam justificar uma avaliação de mercado tão alta.

Após a disparada deste ano, o valuation da fornecedora de “carne” vegetal superou os US$ 7 bilhões, colocando-a no clube das empresas de alimentos já estabelecidas, com bilhões de dólares em vendas.

A Nestlé lançou seu Awesome Burger vegetal nos EUA em setembro (Imagem: Michele Limina/Bloomberg)

A Tyson Foods Inc, maior produtora de carne nos EUA, possui uma capitalização de mercado de US$ 33,76 bilhões, e sua expectativa de vendas no ano fiscal corrente é de US$ 43 bilhões.

Antes da alta de ontem, a Beyond Meat era negociada com um múltiplo de 29 em vendas prospectivas de 12 meses, um enorme prêmio se comparado ao de outras empresas de alimentos embalados, que estão sendo negociadas com valuations de apenas um dígito.

Evidentemente, essas comparações não fazem muito sentido quando lidamos com uma empresa de alto crescimento, como é o caso da Beyond Meat, mas os investidores devem levar em consideração as ameaças que podem prejudicar esse ambicioso cenário de expansão.

Depois de ver o sucesso da Beyond Meat, alguns grandes players já entraram no mercado de alimentos de origem vegetal.

A Nestlé lançou seu Awesome Burger vegetal nos EUA em setembro. A rede de supermercados Kroger Company é o mais novo player a se juntar ao grupo, ao lançar seus hambúrgueres vegetais sob a marca Simple Truth.

Mercados Ibovespa
Os investidores que tiveram a chance de comprar essa ação a um preço baixo devem reduzir sua exposição e realizar lucro (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Resumo

A Beyond Meat chamou a atenção de um mercado que foi deixado aberto pelas grandes empresas de alimentos. Mas esse espaço está se tornando mais competitivo, com mais players querendo participar da festa.

Não acreditamos que a Beyond Meat tenha uma grande vantagem competitiva para defender seu quintal, quando a concorrência se estabelecer firme.

Os investidores que tiveram a chance de comprar essa ação a um preço baixo devem reduzir sua exposição e realizar lucro.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 17/01/2020 - 21:13