Raízen (RAIZ4) compra unidade da Shell e ações evaporam e o que mais bombou no Agro Times

Lucas Eurico Simões
08/05/2022 - 11:30
Raizen
Matéria sobre a Raízen (RAIZ4) bombou na semana aqui no Agro Times. Fique por dentro de tudo que acontece no agronegócio (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

Uma matéria sobre a Raízen (RAIZ4), líder mundial em biocombustível e etanol, foi a que mais despertou interesse dos investidores aqui no Agro Times durante a semana. E você não pode deixar de saber o porquê.

Confira abaixo as cinco notícias mais lidas do Agro Times:

5° lugar: Lucro da Marfrig (MRFG3) cai 61% no 1º tri a R$ 109 mi com aporte na BRF (BRFS3)

Marfrig (MRFG3) reportou nesta terça-feira lucro líquido de 109 milhões de reais referente ao primeiro trimestre, queda de 61% em relação ao mesmo período de 2021, pressionado por um aporte na BRF (BRFS3).

A companhia, que é líder global em produção de hambúrgueres, acompanhou um follow-on da BRF no início do ano e manteve sua participação de 33,27% na empresa de aves e suínos, o que representou um novo investimento de 1,8 bilhão de reais em novas ações.

✍️REPORTAGEM: REUTERS

LEIA MAIS.

4° lugar: Irani (RANI3) paga R$ 70,9 milhões em dividendos; veja condições

Irani (RANI3) informou nesta terça-feira (3) que pagará no próximo dia 18 um total de R$ 70,9 milhões em dividendos, com base nas demonstrações financeiras da companhia de 31 de dezembro.

Segundo a empresa, serão R$ 0,2845563 por ação ordinária aos acionistas detentores dos papéis em 28 de abril de 2022. As ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas ex-proventos a partir de 29 de abril.

O valor foi aprovado em assembleia de 28 de abril, de acordo com a empresa.

✍️REPORTAGEM: KAYPE ABREU

LEIA MAIS.

Dividendos: Dá pra viver disso?

🏆3° lugar: Klabin (KLBN11) aumenta lucro em 108%, a R$ 875 milhões

Klabin (KLBN11) aumentou o lucro em 108% em um ano ao registrar um lucro líquido de R$ 875 milhões no primeiro trimestre de 2022, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (3).

O resultado supera o lucro de R$ 100 milhões projetado pelo BTG Pactual.

Os reajustes de preços realizados em todos os negócios ao longo dos últimos trimestres permitiram compensar o impacto negativo da valorização do real em relação ao dólar nas exportações, levando a receita a R$ 4,422 bilhões – 28% acima do registrado no mesmo trimestre do ano anterior

✍️REPORTAGEM: KAYPE ABREU

LEIA MAIS.

🏆2° lugar: Klabin (KLBN11) distribuirá R$ 346 milhões em dividendos – veja como aproveitar

O Conselho de Administração da Klabin (KLBN11) aprovou a distribuição de R$ 346 milhões em dividendos a seus acionistas, informou a empresa nesta terça-feira (3)

O valor por ação, tanto para ordinárias quanto preferenciais é de R$ 0,0629. Para as Units, o valor é de R$ 0,3244.

✍️REPORTAGEM: LAURA INTRIERI

LEIA MAIS.

🏆1° lugar: Raízen (RAIZ4) compra unidade da Shell e as ações despencam. Ou é a safra?

Raízen indústria energia
Raízen despenca quase 10% na B3 e intriga o mercado na semana (Imagem: Reprodução/Raízen)

A forte queda da Raízen (RAIZ4) na bolsa de valores nesta terça (3), que já tocou a máxima de 10% mais cedo, está deixando os analistas sem muitas respostas. A princípio pode estar mais ligada à compra da unidade de lubrificantes especiais da sua sócia Shell.

O valor do negócio com a Shell, sobre a fábrica da Ilha do Governador, não foi informado no comunicado ao mercado, na segunda, mas tendo em vista que o market share dos lubrificantes especiais representa 15%, de acordo com a ANP, os investidores podem ter saído de suas posições à espera de mais informações.

Algumas corretoras procuradas por Money Times preferiram não aparecer porque ainda paira a dúvida, além da consolidação dessa compra, em relação, também, ao setor de etanol e açúcar. O primeiro é mais relevante para a Raízen, a maior produtora mundial de bicombustível.

✍️REPORTAGEM: GIOVANNI LORENZON

LEIA MAIS.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 09/05/2022 - 16:18

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto