Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Recorde de preço do bitcoin em reais pode atrair investidores brasileiros?

23/10/2020 - 12:46
O que podemos esperar do mercado cripto brasileiro? Confira entrevista com Valdiney Pimenta, da BitPreço (Imagem: Unsplash/@ewankennedy19)

Hoje, o bitcoin continua subindo e ultrapassando a faixa dos R$ 70 mil, dando início ao “bull market” neste quarto trimestre.

Pensando no impacto nas plataformas cripto brasileiras, entrevistamos Valdiney Pimenta, CEO do marketplace cripto BitPreço, que forneceu algumas opiniões e projeções sobre este momento de mercado.

(Imagem: TradingView)

1. Valdiney, você acha que a recente alta do bitcoin pode atrair ainda mais investidores brasileiros para esse mercado nesta reta final de 2020? Ainda existe certa desconfiança sobre a criptomoeda?

Acredito que sim. Sempre que ocorrem essas altas de preço, é atraída a atenção tanto de investidores, quanto do público em geral, trazendo mais pessoas para conhecerem o universo das criptomoedas.

Eu mesmo só entrei na alta de 2017 e confesso que me arrependo muito de não ter começado antes.

Sobre a desconfiança em criptomoedas, certamente ainda existe muita. Por um lado, porque é algo muito inovador, que quebra com os paradigmas que estamos acostumados há séculos.

Por outro lado, também porque, infelizmente, muitos criminosos têm se aproveitado do desconhecimento das pessoas para aplicarem golpes, manchando muito o cripto-mercado.

2. Quais são os principais criptoativos sendo negociados na BitPreço, além do bitcoin? Existe algum ativo para o qual vocês planejam acrescentar suporte a curto prazo?

Atualmente, além de bitcoin, a plataforma negocia também ether (ETH) e tether (USDT), que são outras criptomoedas com mercados muito grandes.

A entrada de outros criptoativos na plataforma dependerá da demanda do mercado brasileiro. Moedas como ripple (XRP) e litecoin (LTC), por exemplo, nos têm chamado a atenção.

3. Já que os investidores estão atentos à iminente eleição presidencial dos EUA, receosos com um novo pacote de estímulos fiscais, como você considera o impacto do mercado tradicional no mercado cripto nesse quesito?

Cada vez mais, temos visto a busca por criptomoedas como forma de se proteger dessas constantes injeções de dólares feitas pelos EUA.

Desde pessoas até grandes fundos estão diversificando seus investimentos com cripto para se protegerem dos riscos desses pacotes de estímulos.

4. Aproveitando o recente desafio da BitPreço, que irá premiar R$ 5 mil em cBRL para quem descobrir as 12 palavras-chave, quais são as expectativas de vocês para essa ação?

Esses desafios da BitPreço já quase se tornaram tradição, pois fazem muito sucesso e os clientes estão sempre pedindo por mais um.

São divertidos, geram envolvimento de nossos usuários e da comunidade cripto. Acreditamos também que seja uma boa forma de trazer mais pessoas para essa área e para aprenderem um pouco mais sobre criptomoedas.

5. Tem alguma sugestão para quem ainda não confia no potencial dos criptoativos?

Sugiro começarem a aprender mais sobre este fascinante mercado. Além de artigos em nosso blog, a BitPreço também disponibiliza um simulador gratuito para os que estão muito temerosos.

Para os que já preferem entrar de uma vez na plataforma real, sugiro fazerem inicialmente um pequeno aporte. O suficiente para terem interesse em acompanhar os altos e baixos do mercado e irem, aos poucos, entendendo melhor como funciona.

E claro, tomem muito cuidado com golpes. Não caiam em promessas de altos rendimentos. Sempre negociem em plataformas confiáveis, já conhecidas no Brasil.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 23/10/2020 - 13:55