Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

SEC quer comprar ferramenta de análise em blockchain para monitorar contratos autônomos

05/08/2020 - 10:29
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
SEC, conhecida por fechar o certo sobre diversas empresas cripto, agora quer supervisionar contratos autônomos com nova ferramenta de análise (Imagem: Twitter/SEC New York)

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) está em busca de uma ferramenta de análise em blockchain que a ajude a monitorar contratos autônomos.

Na última quinta-feira (30), a agência publicou uma solicitação para que empresas de software enviem suas propostas até a próxima quinta-feira (13).

A ferramenta irá monitorar o código de contratos autônomos, servindo como uma forma de supervisionar o ecossistema de finanças descentralizadas (DeFi).

SEC disse estar buscando por uma ferramenta que possa “analisar a lógica de contratos autônomos”, como propósito do contrato, especificações da venda de tokens, restrições de compra e venda, endereços de boa (“whitelisted”) e má  (“blacklisted”) reputação e gerenciamento de permissões.

Também busca identificar modificações nos contratos realizados com chaves de administradores.

Apesar de a solicitação listar a qualificação como “preferência, e não requisito”, a SEC espera que análise de segurança e vulnerabilidade seja um dos recursos da ferramenta.

A iniciativa da SEC em integrar uma ferramenta de análise em blockchain vem semanas após o Serviço Interno de Receita (IRS) ter firmado um acordo com a Coinbase para alavancar seu software de rastreamento em blockchain.

Na época, o IRS disse, em documentos publicados, que Coinbase Analytics fornece “recursos sensíveis e melhorados de aplicação da lei”.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 05/08/2020 - 10:29