Setor DeFi atingiu seu auge antes de cair novamente no terceiro trimestre

19/10/2020 - 12:22
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Confira um resumo sobre o terceiro trimestre do mercado cripto, por Jack Purdy da Messari (Imagem: Crypto Times)

Já diria Charles Dickens: “foi o melhor dos tempos; foi o pior dos tempos”.

No terceiro trimestre, “liquidity mining” — recompensa a um pool de formadores de mercado com um token nativo para incentivá-los a fornecer liquidez para um token específico — direcionou tanto o uso de plataformas de finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês) como preços de tokens para níveis recordes conforme o espaço foi repleto de cada vez mais capital e atenção.

Corretoras descentralizadas (DEXs) que negociavam poucos milhões no início do ano ultrapassaram US$ 1 bilhão em um único dia.

Projetos como Yam.Finance e Spaghetti Money foram impulsionados em poucos dias e conseguiram garantir centenas de milhões de dólares conforme o capital mercenário fluiu de uma plataforma de “yield farming” —  em que usuários buscam pela melhor oportunidade de rendimentos possível em plataformas cripto — para outra.

Formadores automáticos de mercado (AMMs) brilharam e vimos o surgimento do Yearn.Finance de Andre Cronje.

Diversas bifurcações surgiram do além e a grande variedade de oportunidades de rentabilidade no blockchain fizeram com que as taxas de gás e o congestionamento da Ethereum chegassem a níveis altíssimos.

O crescimento acelerado do setor
de Finanças Descentralizadas (DeFi)

Depois, a empolgação acabou, fazendo com que grande parte dos tokens DeFi caíssem mais de 50%. Essas novas bifurcações se tornaram irrelevantes enquanto Uniswap manteve sua dominância após plataformas terem ameaçado sua soberania.

No total, a atividade de empréstimo nos protocolos Maker e Aave ganharam força enquanto as apostas de empresas de capital de risco foram na próxima onda para plataformas de derivativos DeFi e a migração do bitcoin para a Ethereum acelerou.

Após todos os tokens com nomes de comida que vieram e se foram, o terceiro trimestre teve um número idêntico de experimentos inovadores desvacenerem em tempo real.

Esses experimentos poderiam alterar bastante a forma como redes em estágio inicial são impulsionadas, como usuários são recompensados por seu tempo e dinheiro e, o mais importante, como um dia seria nosso sistema financeiro caso fosse desenvolvido em uma infraestrutura aberta, apermissionada e livre de censura que prioriza inclusão, transparência e imparcialidade.

Confira o relatório completo com um resumo sobre os principais desenvolvimentos do mais conturbado trimestre até agora para o setor DeFi:

Use o código DEFIQ3 para ter acesso gratuito ao Messari Pro por um mês.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 19/10/2020 - 12:22

Cotações Crypto
Pela Web