Startup cripto perde 99% dos fundos de clientes na venda de Terra (LUNA) durante o colapso da rede

The Block
The Block
06/07/2022 - 12:51
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Terra LUNA
Uprise também perdeu US$ 3 milhões de seus próprios fundos na venda de futurs de LUNA. (Imagem: Crypto Times)

A startup cripto sul-coreana Uprise perdeu quase todos os fundos de clientes ao vender o token da rede Terra original – LUNA, atualmente sob o ticker LUNC – durante o colapso do preço do token, informou Seoul Economic Daily nesta quarta-feira (6).

A empresa coreana declarou que usa estratégias para negociação automática com base em inteligência artificial (IA) para negociar criptomoedas em nomes de clientes.

Essa atividade de negociação, chamada Heybit, representa metade dos serviços oferecidos pela Uprise, enquanto a outra metade é uma plataforma global de fundos negociados em bolsa, chamada Iruda.

Sob Heybit, Uprise tomou criptoativos custodiados dos clientes e os negociou no mercado de futuros de criptomoedas. A tecnologia com base em IA da Uprise deveria minimizar o risco associado à negociação alavancada de criptomoedas.

No entanto, o sistema não impediu a empresa de ser liquidada de sua posição de negociação de futuros de LUNA, perdendo 26,7 bilhões de won (US$ 20 milhões) no processo.

Isso aconteceu durante o colapso do preço de LUNA. Uprise estava supostamente vendendo LUNA – durante a queda do preço – mas foi pega durante os repentinos aumentos de preço ao longo do caminho.

Uprise também perde milhões de seu próprio dinheiro

Os fundos perdidos representam 99% dos fundos que Uprise estava gerenciando em nome dos clientes. Esses clientes são pessoas de alta renda e entidades corporativas, segundo o informe. A startup cripto também perdeu US$ 3 milhões de seus próprios fundos vendendo LUNA.

Uprise está supostamente considerando alguma forma de compensação para clientes afetados.

“É verdade que o dano aos ativos de clientes ocorreu durante uma enorme volatilidade inesperada no mercado. Nós planejamos finalizar o informe sobre o ativo virtual em breve”, disse um porta-voz da companhia, segundo o Seoul Economic Daily.

Kakao Ventures, gigante sul-coreana de capital de risco, e Hana Bank, grande credora comercial do país, estão entre os investidores de Uprise. A startup cripto arrecadou US$ 18,3 milhões em uma rodada série C, em dezembro de 2021.

Uprise é a mais recente companhia impactada pelo colapso de LUNA. A “espiral da morte” do token em maio – junto com a stablecoin da rede, TerraUSD (UST) – desencadeou sérios problemas financeiros para fundos de hedge e credoras de criptomoedas, incluindo Three Arrows Capital e Celsius Network.

Siga o Money Times no Linkedin!

Fique bem informado, poste e interaja com o Money times no Linkedin. Além de ficar por dentro das principais notícias, você tem conteúdo exclusivo sobre carreira, participa de enquetes, entende sobre o mercado e como estar à frente no seu trabalho. Mas não é só isso: você abre novas conexões e encontra pessoas que são uma boa adição ao seu network. Não importa sua profissão, siga o Money Times no Linkedin!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 06/07/2022 - 12:51

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto