Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Transfero, emissora da stablecoin BRZ, recebe investimento de R$ 40 milhões da Alameda Ventures

20/10/2020 - 10:54
Novo investimento da Alameda Ventures na suíço-brasileira Transfero impulsionará o mercado cripto em toda a América Latina (Imagem: Crypto Times)

Uma nova parceria estratégica visa o desenvolvimento de oportunidades conjuntas de negócio no Brasil e na América Latina: Transfero Swiss e Alameda Ventures.

O braço de investimentos da Alameda Research gestora de criptoativos e fornecedora de produtos relacionados aos principais ativos da indústria cripto — investiu R$ 40 milhões na empresa suíço-brasileira para expandir o uso de stablecoins em países emergentes.

Outro objetivo da nova parceria é impulsionar FTX, corretora internacional controlada pela Alameda e conhecida no mercado por fornecer derivativos cripto, produtos de volatilidade e tokens alavancados.

“Ao passar a deter participação societária na Transfero Swiss, a Alameda confirma o maior investimento de um grande player internacional em uma empresa de ativos digitais brasileira”, comemora o CEO da Transfero Swiss, Thiago Cesar.

Os recursos serão utilizados na expansão das principais frentes de negócio da Transfero: rede de pagamentos com a stablecoin BRZ, negociações de ativos digitais em mercado de balcão (OTC) e varejo, além do braço de educação/informação da empresa.

Com mais de US$ 100 milhões em ativos sob gestão, Alameda é uma das maiores provedoras de liquidez para o mercado de criptomoedas.

Assim, a nova parceria dá à Transfero acesso à tecnologia, à distribuição e ao uso da infraestrutura da Alameda, posicionando-se no mesmo patamar de grandes players internacionais.

Em contrapartida, a Alameda Research ganha acesso ao mercado brasileiro e latinoamericano e consolida a atuação da FTX no Brasil, hoje uma das corretoras que mais cresce no mercado nacional, impulsionada pelo BRZ, a maior stablecoin brasileira.

Em até três anos, esperam a expansão do BRZ na América Latina, incluindo a integração do BRZ com um cartão de débito da bandeira Visa ou Mastercard.

Além disso, a Transfero busca se consolidar como a principal ponte entre players internacionais e o mercado emergente, oferecendo soluções de pagamento que utilizam a tecnologia dos ativos digitais.

BRZ se torna a maior cripto brasileira em volume
e transações após listagem na corretora FTX

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 20/10/2020 - 11:03