Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Trump planeja recolocar Cuba em lista de patrocinadores do terrorismo

11/01/2021 - 15:58
Trump
O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que pode anunciar a designação de Cuba já na segunda-feira, a apenas nove dias do fim do mandato de Trump (Imagem: REUTERS/Carlos Barria)

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja devolver Cuba à lista de patrocinadores do terrorismo, disse uma pessoa familiarizada com o assunto nesta segunda-feira, uma medida que pode complicar os esforços da gestão do presidente eleito Joe Biden de retomar uma distensão nos laços com Havana iniciada sob o ex-presidente norte-americano Barack Obama.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que pode anunciar a designação de Cuba já na segunda-feira, a apenas nove dias do fim do mandato de Trump, e deve vincular a decisão ao antigo abrigo de Cuba de fugitivos norte-americanos e de líderes rebeldes colombianos, afirmou a fonte.

Ele também pode citar o apoio de Cuba, governada pelos comunistas, ao presidente socialista venezuelano Nicolás Maduro, disse a fonte, falando sob condição de anonimato.

O retorno de Cuba à lista seria mais um recuo na iniciativa do ex-presidente Barack Obama de suavizar as relações entre os antigos adversários da Guerra Fria. A decisão de Obama de remover formalmente Cuba da lista de terrorismo em 2015 foi um passo importante para restaurar os laços diplomáticos naquele ano.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A decisão sobre a lista de terrorismo ocorre após meses de revisão jurídica, com alguns especialistas do governo questionando se era justificada, segundo a fonte.

Isso exigiria mais longas deliberações para que o presidente eleito Joe Biden revertesse a designação.

O republicano Trump reprimiu Cuba desde que chegou ao poder em 2017, endurecendo as restrições às viagens e remessas dos EUA para Cuba e impondo sanções aos embarques de petróleo venezuelano para a ilha.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 11/01/2021 - 15:58

Pela Web