Mais Lidas

Ação que vai na contramão do Ibovespa (IBOV) e pode saltar até 36% é destaque em Comprar ou Vender; veja

15 jun 2024, 14:00 - atualizado em 17 jun 2024, 9:03
ibovespa
Ação que vai na contramão do Ibovespa e pode saltar 36% é destaque em Comprar ou Vender (Imagem: Getty Images)

Ibovespa não vive os seus melhores dias. A queda dos juros no Brasil e nos Estados Unidos era a esperança que o investidor precisava para comprar bolsa. Porém, a projeção de apenas um corte nos juros dos EUA este ano e a possível pausa na flexibilização da política monetária frustram o mercado.

Fora do índice, uma ação respira. Trata-se da Aura Minerals (AURA33), empresa canadense de mineração de ouro. A ação salta 56% desde fevereiro na esteira do preço da commodity, que subiu cerca de 15% no ano. E para o Safra, ainda é possível aproveitar essa pernada.

O banco iniciou a cobertura do papel com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 65, o que abre potencial de elevação de 36%.

Veja a análise dos especialistas a seguir e outros destaques da editoria Comprar ou Vender do Money Times na semana:

5º – Preocupado com a queda do Ibovespa? JPMorgan e BofA elegem as ações ‘para todos os climas’

Em meio a um cenário que se desenha pior que o esperado, com a taxa básica de juros estacionada nos dois dígitos, o JPMorgan vê as ações do Itaú (ITUB4) e BTG (BPAC11) como ‘boas para todos os climas’.

Já o Bank of América observa bancos com grande capitalização, como Banco do Brasil (BBAS3), Itaú (ITUB4) e Santander (SANB11), atraentes, combinando receitas diversificadas, financiamento abundante, boa capacidade de controlar custos e balanços sólidos. “São portos seguros durante condições de mercado voláteis”, destaca.

Confira a matéria completa.

4º – Como a Eletrobras (ELET3) se livrou de um problema com venda bilionária de ativos; hora de comprar a ação?

Eletrobras (ELET3) anunciou nesta segunda-feira (10) a venda dos últimos ativos termelétricos em operação para a Âmbar Energia. Mais do que o dinheiro, porém, a transação livra a ex-estatal do problema de inadimplência da Amazonas Energia, de acordo com analistas que acompanham a companhia.

Para Henrique Peretii e Victor Burke, que assinam relatório do JP Morgan, a venda em si tem impacto neutro. No entanto, a operação é muito positiva na redução do risco dos recebíveis da Amazonas, transferidos para a Âmbar.

Confira a matéria completa.

3º – Hapvida (HAPV3): Veja impacto de reajuste da ANS para ação, segundo Goldman

Goldman Sachs manteve a recomendação de compra para Hapvida (HAPV3) diante do reajuste anual dos planos de saúde desta quarta (5). A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) limitou a 6,91% o reajuste dos planos individuais e familiares.

Para o banco, contudo, a avaliação sobre esta situação é neutra. De acordo com os analistas Gustavo Miele e Emerson Vieira, o número anunciado ficou ligeiramente abaixo das expectativas do mercado deve impactar 17,5% dos beneficiários do plano de saúde do Hapvida.

Confira a matéria completa.

2º – Enquanto o Ibovespa derrete, esta mineradora já subiu 56% (e alta não acabou, vê Safra)

Para o Safra, a Aura Minerals (AURA33) vem se destacando. Os analistas Ricardo Monegaglia e Conrado Vegner avaliam que o preço sobre o valor patrimonial líquido (P/NAV) de 0,7 x não reflete o valor total dos seus ativos, enquanto a faixa de P/NAV dos produtores de ouro intermediários está entre 0,9x – 3,5x.

“A Aura se destaca em comparação com a média de seus pares em termos de Ebitda (que mede o resultado operacional) e CAGR (taxa de crescimento anual composta) de produção em 2023-26 e rendimentos de FCF (fluxo de caixa) em 2024-26”, explicam.

Confira a matéria completa.

1º – Entre Vale (VALE3) e Gerdau (GGBR4), analistas têm preferência; confira as apostas para o setor

Para o mês de junho, a Vale (VALE3) concentrou as recomendações entre as empresas do setor de mineração, recebendo 13 indicações entre 14 bancos, corretoras e casas de análise.

Segundo levantamento do Money Times, a Gerdau (GGBR4) ficou atrás nas indicações, acumulando seis recomendações, enquanto a CSN Mineração (CMIN3) não foi recomendada nenhuma vez.

Confira a matéria completa.

Editora-assistente
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.