Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Análise de preço do token EOS (parte 1): o que é o projeto EOS?

11/08/2020 - 11:19
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Uma queda no dia 12 de março marcou o início de uma tendência definitiva de baixa, mas o preço à vista continuou a se recuperar (Imagem: Facebook/Block.One)

A plataforma EOS (EOS), criada pela Block.One, é uma rede global e computacional desenvolvida para hospedar aplicações descentralizadas (dapps) e corporações autônomas descentralizadas (DACs).

O valor de mercado do ativo em dólares caiu 85% de sua alta estabelecida em abril de 2018. A capitalização de mercado está em US$ 3,08 bilhões, com US$ 853 milhões de volume negociado nas últimas 24 horas.

EOS está em décimo lugar na tabela de capitalização de mercado da Brave New Coin.

A rede EOS armazena contratos autônomos em máquinas virtuais (ou “virtual machines”) com outras plataformas blockchains de dapps ou contratos autônomos, incluindo Ethereum (ETH), Tronix (TRX) e Neo (NEO).

As plataformas Ethereum e Neo usam gás para pagar por unidades de poder computacional enquanto EOS usa memória RAM.

O blockchain EOS foi ao ar no dia 14 de junho de 2018 após arrecadar cerca de US$ 4,2 bilhões em uma oferta inicial de moeda (ICO) que durou um ano, com um preço médio por token de US$ 5,74.

Diferente de muitas ICOs, que continuam a reter certa quantidade na Ethereum, EOS gastou grande parte de suas posses em ether até junho de 2018 (gráfico abaixo). A grande vazão de ether da tesouraria da EOS provavelmente contribuiu para uma queda nos preços à vista do ether ao longo de maio de 2018.

(Imagem: Sanbase)

Em setembro de 2019, Block.One anunciou um investimento de US$ 10 milhões no condado de Arlington, na Virgínia, para suas novas sedes.

Dan Larimer, CTO da Block.One, está em Blacksburg, Virgínia, junto com uma equipe de 80 funcionários. As novas sedes irão duplicar o tamanho da equipe e servirá como base para mais relações governamentais.

Em setembro, a Block.One também firmou um acordo civil de US$ 24 milhões com a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) em relação à ICO não registrada de EOS na Ethereum.

Block.One não admitiu nem negou ter cometido uma infração. O acordo também solucionou questões pendentes entre a Block.One e a SEC.

Em todo o mundo, outras agências regulatórias também podem optar por ações judiciais ou acordos contra a EOS se o projeto for considerado novamente como uma oferta não registrada de valores mobiliários.

O blockchain EOS usa um modelo de consenso proof-of-stake delegado (DPoS), apresentado por Larimer. Outras iterações do DPoS estão sendo usadas por BitShares (BTS) e Steemit (STEEM), dois dos projetos anteriores de Larimer, bem como Lisk (LSK), Ark (ARK) e Tezos (XTZ).

Blockchains DPoS exigem que usuários votem por delegados, ou produtores de bloco, que são considerados confiáveis e bons agentes.

Os 21 principais produtores de blocos validam o blockchain, coletam um renda passiva e esperam ajudar no futuro desenvolvimento do protocolo ao propor mudanças ou melhorias. Grande parte dos 21 principais produtores de blocos estão na Ásia, com nove na China.

(Imagem: EOSPark)

Embora os cem principais produtores de bloco recebem dinheiro por seus serviços, os 21 principais produtores de bloco ganham a maior recompensa. Caso qualquer um desses produtores de bloco se oponham aos desejos da comunidade, podem ser imediatamente substituídos.

Para encorajar a participação nas votações, EOS implementou um sistema de votação de decadência, em que novos votos que têm mais ponderação e, assim, zero impacto após dois anos.

A estrutura de governança é parecida com a democracia representativa de duas camadas com sufrágio de latifundiários. Cada acionista têm uma influência proporcional a seu staking no sistema.

Produtores de blocos também podem fornecer compartilhamento de recompensas para encorajar votos de acionistas.

Porém, isso pode encorajar a eleição de produtores de blocos que oferecem a maior recompensa a acionista, e não necessariamente encoraja o que é de melhor interesse para a rede.

A recompensa atual por staking na EOS, além da votação sobre propostas da rede, é o uso de componentes de Máquinas Virtuais, incluindo: banda larga, memória RAM e armazenamento.

Um braço agora inexistente do sistema de governança da EOS era o EOS Core Arbitration Forum (ECAF), um tribunal liderado por voluntários. Enquanto ativo, o ECAF deu nove notificações públicas de arbitragem e facilitou mais de 20 ordens.

Em abril de 2019, o ECAF parou de aceitar pedidos. Em vez disso, agora, 15 dos 21 produtores de blocos podem decidir sobre quaisquer questões de arbitragem. O processo envolve contas com má reputação, que só funciona se os 21 produtores de blocos usarem essa lista de má reputação.

Em 2019, um dos 21 produtores de blocos, games.eos, falhou em reportar uma conta desse tipo, permitindo que 2,09 milhões de EOS, ou cerca de US$ 7,25 milhões, migrassem de uma conta com má reputação.

Por conta desse incidente, games.eos não é mais um dos 21 principais produtores de blocos. No futuro, existem planos para cancelar as chaves para detentores de contas com má reputação para que nunca possam ser usadas no blockchain EOS.

EOS: como não fazer o lançamento de uma rede

No último ano, houve preocupações em relação às votações falsas e manipulação dos produtores de bloco. Recentemente, a corretora Bithumb acrescentou sete novas contas de produtores de blocos com 18 novos proxies, que pode ser uma tentativa de ofuscar o rastro de seus votos.

Esses novos produtores de blocos não têm presença nas redes sociais ou sites. Esses nós de “sock puppets” (identidades falsas e fraudulentas) podem estar especulando maiores nós e desviando as recompensas de produtores de blocos dos cem principais, sem fornecer segurança adicional à rede.

(Imagem: Twitter/ColinTCrypto)

Atividade de desenvolvimento no principal repositório do projeto EOS no GitHub produziu apenas acima de duas mil contribuições de 34 desenvolvedores no último ano (gráfico abaixo).

Grande parte das moedas usam a comunidade de desenvolvedores do GitHub. Arquivos são salvos em pastas chamadas de “repositórios” ou “repos”.

Alterações a esses arquivos são registradas com “contribuições”, que salvam um registro das alterações realizadas, além de quando e por quem.

Apesar de contribuições representarem quantidade e não necessariamente qualidade, um grande número de contribuições pode significar maior interesse e atividade por desenvolvedores.

Larimer publicou 15 contribuições em maio de 2018, mas sua contribuição caiu precipitadamente após junho de 2018.

Ele também está trabalhando em uma solução descentralizada de identidade, que recebeu uma patente. Apesar da ausência de Larimer do trabalho principal de desenvolvimento, atualizações incrementais ao protocolo continuam.

(Imagem: Github – EOSIO/eos)

EOS REX (Resource Exchange), proposta inicialmente por Larimer em 2018, foi ao ar em maio de 2019 e agora possui uma comunidade vibrante de empréstimos. A corretora permite que usuários aluguem tokens EOS para dapps ou outros usuários por uma taxa variável.

A versão 1.8 da EOS.IO foi lançada por meio de uma bifurcação drástica (ou “hard fork”) em setembro de 2019, apresentando Voice, uma rede social.

Voice está em fase beta, disponível apenas para americanos que possuem um convite e não foi lançada no blockchain da EOS. O lançamento público beta aconteceu no dia 4 de julho.

Em relação à rede, o blockchain EOS cresceu acima de 4TB no último ano. Os nós são essenciais para atividade completamente funcional de dapps, já que 20% dos pedidos de consulta no blockchain envolvem a observação do histórico completo do blockchain.

Atualmente, cerca de 58% de todos os tokens EOS em circulação estão em staking, com uma recompensa líquida por staking de 0,75% ao ano.

A rede está confirmando cerca de 35 transações por segundo com taxa de processamento recorde de transações na rede de uma só vez em 3.996 transações por segundo. Dentre todos os blockchains de staking, EOS em staking perdem apenas para tezos em valor total em dólares.

(Imagem: Staking Rewards)

O número total de transações por dia na rede (linha do gráfico abaixo) atingiram uma alta recorde de mais de dez milhões em novembro de 2019 e caíram para 1,42 milhão em janeiro.

O aumento na transação foi relacionado à “airdrop” (distribuição) EIDOS, que impulsionava transações de qualquer tamanho.

Desde então, transações por dia triplicaram das baixas em janeiro. Blocos produzidos por dia (preenchimento do gráfico abaixo) caíram drasticamente entre janeiro e fevereiro, mas retornaram a níveis anteriores.

(Imagem: CoinMetrics)

Não existem custos de transação na EOS, incentivando o surgimento de transações de dapps. Interesse popular no site meetup.com mostra que existem 60 mil pessoas em 120 grupos relacionados à EOS em todo o mundo e quase 72 mil inscritos no grupo EOS no fórum Reddit.

Memória RAM na máquina virtual da EOS está sujeita à oferta e demanda, assim como especulação.

A criação de novas contas na EOS usa 4 kb de RAM e, após a conta ser criada, alguns usuários tentam monopolizar o mercado RAM, fazendo com que custos de RAM disparem para mais de 900 EOS/MB.

Assim 15 dos 21 principais produtores de blocos da EOS aprovaram uma medida que duplica a oferta de RAM, enchendo o mercado e diminuindo custos de RAM.

Em junho de 2019, RAM disparou para quase 0,20 EOS/KB após a Block.One comprar US$ 25 milhões em RAM para o lançamento da rede social Voice. Desde julho de 2109, custos de RAM continuaram a cair para abaixo de 0,1 EOS/KB.

(Imagem: EOSpark)

Dapps de apostas e câmbio continuam a ser os mais usados na EOS, provavelmente por conta da regulamentação de apostas em alguns países. Essas dapps estão fora do escopo regulatório, pelo menos por enquanto.

EOS Dynasty, um jogo de RPG, sustentou crescimento de usuários desde seu lançamento em abril de 2019.

Apesar de números impressionantes de usuários, um relatório de 2019 da Anchain.AI descobriu que bots de blockchain totalizam 51% de todos os usuários de dapps na EOS e 75% de todas as transações de dapps na EOS.

Essas transações falsas totalizaram US$ 6 milhões no volume de transação diário na época. O relatório concluiu que, sem modelos sofisticados de previsão, principais sites de dapps ou agências de classificação, investidores, desenvolvedores e entusiastas serão enganados por números imprecisos.

Custos de transações também são bem mínimos ou não existentes quando há interação com dapps na EOS. Diversas dapps lançadas na EOS, ou migradas de competidores no último ano, citaram questões sobre escalabilidade ou custos de transação em outras plataformas.

Essas dapps incluem Effect.AI, Tixico, Unico, Medipedia, Sense Chat, Billionaire Token, EOSBet, HOQU, Everipedia e Insights Network.

Além disso, Tapatalk, um aplicativo de fórum com 300 milhões de usuários registrados, está desenvolvendo um sistema de recompensas usando o blockchain EOS.

(Imagem: DappRadar)

Parte 2

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 11/09/2020 - 9:08