Carteira Recomendada

Boa e barata: Banco do Brasil (BBAS3) é a melhor ação para buscar dividendos em junho; veja mais 10 favoritas

06 jun 2023, 17:44 - atualizado em 06 jun 2023, 17:44
Banco do Brasil, dividendos
Banco do Brasil é a ação favorita dos analistas para junho no quesito dividendos (Imagem: Adriano Machado/ Bloomberg News)

Banco do Brasil (BBAS3) foi a ação mais recomendada pelos analistas para o mês de junho quando o assunto é distribuição de dividendos. O banco estatal recebeu 13 indicações nas carteiras recomendadas, segundo levantamento feito pelo Money Times com 22 corretoras.

De acordo com os analistas, o BB surfa um bom momento de lucros visto em 2022, além de ter projeções otimistas para o decorrer de 2023. Além disso, o banco deve garantir vantagem em um cenário de crescimento na concessão de crédito e retomada acelerada da economia.

Os analistas de mercado também consideram que o valuation de BBAS3 é atraente.

No ranking de dividendos para o mês, a Vivo (VIVT3) ficou em segundo lugar, com 12 recomendações. Em seguida, Engie (EGIE3) e Vale (VALE3) receberam 11 indicações cada.

A melhor ação para dividendos

Os analistas do Santander avaliam que, mesmo em caso de piora do cenário macroeconômico, o Banco do Brasil está em uma “posição melhor”. Isso porque o banco tem exposição ao setor do agronegócio, que sustentou o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro nas últimas décadas, dizem.

Eles destacam que a vantagem é também positiva quando se considera a qualidade dos ativos da carteira do BB e a inadimplência, que deve ser controlada ao longo de 2023.

Os analistas ainda pontuam que o risco de interferência política é menor do que o mercado considera, dada a melhoria dos padrões de governança corporativa do banco.

O BTG Pactual, por sua vez, reforça que sua visão otimista sobre as ações do Banco do Brasil está associada ao valuation “barato”, além do forte momento operacional.

“O BBAS3 negociou com um valuation barato por muito tempo, mas não nos lembramos de ter visto o Banco negociando com um preço/lucro tão baixo em relação aos pares, apesar da excelente visibilidade dos resultados”, dizem os analistas.

De olho em Vivo

Para o PagBank, a segunda colocada no ranking de dividendos, a Vivo, tem vantagem, pois está em um setor altamente regulado, o que confere a ela baixa concorrência e boa previsibilidade de resultados.

Além disso, a companhia realizou recentes investimentos em 5G, o que acarreta em um bom potencial de crescimento, mesmo em um setor mais defensivo, afirmam.

Os analistas da Terra destacam que a principal tese de investimentos da Vivo se refere à expansão de fibra ótica e à forte geração de fluxo de caixa livre.

Os pontos destacados pelas casas fazem com que a companhia seja uma boa pagadora de dividendos, dizem. O rendimento de proventos da ação (dividend yield) nos últimos 12 meses é de 5,92%.

Confira as ações favoritas para junho no quesito dividendos:

Empresa Código Indicações
Banco do Brasil BBAS3 13
Vivo VIVT3 12
Engie EGIE3 11
Vale VALE3 11
Itaú ITUB4 9
Gerdau GGBR4 9
Petrobras PETR3; PETR4 8
BB Seguridade BBSE3 7
Transmissão Paulista TRPL4 6
Copel CPLE6 6
Taesa TAEE11 5
Total 97

Levantamento

O levantamento do Money Times levou em consideração as informações das carteiras de ações divulgadas por 22 instituições. Para junho, foram indicadas 50 ações, somando 175 recomendações.

Participaram do levantamento ÁgoraAtivaBB InvestimentosBTG PactualNu investElevenEmpiricusGenialGuideInterItaú BBAMirae AssetMyCapNova Futura, Warren, ÓramaPagBankPlannerBanco SafraSantanderTerraXP.

Editora-assistente
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.