CEO da Binance e fundador da Ethereum criticam derrocada da rede Terra

Vitória Martini
16/05/2022 - 11:30
CEO da Binance
O CEO da Binance disse que o plano de Terra para ressucitar LUNA é “morte na certa”. (Imagem: Binance/Blog)

O mercado cripto parou na semana passada, observando a derrocada da rede Terra e de suas criptomoedas, chamando a atenção — e as críticas — de figuras importantes da indústria, como o CEO da Binance, Changpeng Zhao, e o fundador da Ethereum (ETH), Vitalik Buterin.

No último final de semana, o fundador da Ethereum criticou a premissa da stablecoin da rede Terra, TerraUSD (UST), classificando-a como intencionalmente enganosa e inerentemente falha desde o início.

“Algostable se tornou um termo publicitário que serve para legitimar stablecoins sem reservas, ao inseri-las na mesma classificação de stablecoins com garantia, como RAI/DAI”, disse o fundador da Ethereum no Twitter.

“Algostable” é um termo que designa stablecoins algorítmicas, como UST.

Diferentemente de outras stablecoins, UST não tinha reservas em dinheiro físico ou títulos. A criptomoeda de Terra era baseada em um algoritmo que atrelava seu valor ao de LUNA, o token de governança e staking de Terra.

No entanto, na semana passada, o mecanismo do algoritmo colapsou, levando o preço de UST e LUNA ladeira abaixo.

Segundo o Decrypt, o fundador da Ethereum, ao se referir a stablecoins algorítmicas e stablecoins com reservas em ativos, disse que “precisamos enfatizar que as duas são muito diferentes.”

Colapso de Terra e queda do bitcoin:
4 impactos concretos na economia real

CEO da Binance aponta falhas no plano de Terra

Na última sexta-feira (13), após dias sem se manifestar, o fundador da rede Terra, Do Kwon, se manifestou com um terceiro e novo plano para tentar ressuscitar o token LUNA.

A ideia de Do Kwon seria abandonar definitivamente a stablecoin UST e reconfigurar LUNA para o fornecimento de um bilhão de tokens, que deverá ser distribuída entre detentores afetados pelo colapso da rede e atuais detentores.

No entanto, logo após a divulgação do plano de Do Kwon, o CEO da Binance, a maior corretora cripto do mundo, comentou que o plano de Kwon é “morte na certa”.

Changpeng Zhao criticou as medidas de Kwon, dizendo que fazer uma bifurcação (“fork”) de LUNA ou dividir o blockchain para criar uma segunda versão “não irá funcionar”.

“Fazer a bifurcação não dá ao novo fork qualquer valor. Isso é uma ilusão”, disse Zhao no Twitter.

O CEO da Binance ainda comentou sobre a falha fatal da estratégia de Kwon. Segundo Zhao, o fundador da rede Terra falhou em compreender que “emitir moedas não cria valor, somente o dilui entre os detentores existentes.”

Changpeng Zhao teceu mais críticas, questionando a transparência de Do Kwon e de Terra, além do modo como a rede lidou com a crise gerada por UST e Terra.

“Onde está todo o BTC que deveria ser usado para as reservas?”, questionou o CEO da Binance.

Nesta segunda-feira (16), Luna Foundation Guard (LFG), organização que fornece suporte à Terra, disse ter esgotado sua reserva de US$ 3 bilhões em criptomoedas para tentar salvar UST.

De acordo com o Decrypt, dados do blockchain mostram que LFG enviou os bilhões de dólares em bitcoin para Binance e Gemini. No entanto, resta a dúvida se essas reservas foram mesmo vendidas para comprar UST.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Vitória Martini - 16/05/2022 - 11:37

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto