Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Como interpretar a métrica de valor bloqueado total (TVL) das DeFi?

14/02/2020 - 9:24
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
TVL não é a melhor métrica, mas pode ser usada para analisar outros aspectos das finanças descentralizadas (Imagem: Freepik/gstudioimagen)

Em cripto, os gráficos abaixo são bem conhecidos no mundo das finanças descentralizadas (DeFi), medindo a quantidade de valor bloqueado.

Já que a maioria das aplicações exigem capital a ser depositado, geralmente na forma de garantia de empréstimo ou liquidez em um pool de negociação, foram usados como a métrica mais adequada para mostrar o crescimento das finanças descentralizadas.

Recentemente, o TVL, ou valor total bloqueado (investido), ultrapassou US$ 1 bilhão, um marco histórico que foi celebrado assim como o marco do preço do bitcoin ter atingido US$ 10 mil.

Valor total bloqueado em dólares nas DeFi (Imagem: DeFi Pulse)

Embora o crescimento no TVL seja um sinal positivo para o crescente mundo das DeFi, precisa ser usado com cautela e interpretado corretamente.

Para falar o óbvio, esse indicador é muito dependente do preço do ether. Já que seu preço duplicou desde o início do ano, o valor bloqueado em DeFi também aumentou apesar de não haver outros contribuidores significativos para esse crescimento.

Outra falha um pouco menos óbvia é que o TVL também é extremamente influenciado pelo preço do token da Synthetix (SNX).

Atualmente, existem US$ 125 milhões de SNX bloqueados e, quase no fim do ano passado, totalizou por mais de ¼ da quantidade total em DeFi. Não apenas o preço aumentou (cerca de 3.000% em 2019), mas esse resultado é meio enganoso é uma medida incorreta do valor total da quantidade em staking.

Existe 80% do fornecimento total em staking, então se alguém fosse vendê-lo, valeria menos em ordens de magnitude. Para piorar as coisas, SNX é relativamente ilíquido, sendo negociado a menos US$ 1 milhão por dia, então o deslize seria imenso ao tentar descobrir qual o valor.

Dito isso, SNX ainda é uma parte importante do quebra-cabeças DeFi e deve ser levado em conta de alguma forma. Infelizmente, não há uma métrica existente para totalizar esses falhas, mas existe uma solução simples para a dependência excessiva no preço do ether ao simplesmente olhar para a quantidade bloqueada de ether.

Ether bloqueado nas DeFi (Imagem: DeFi Pulse)

Sob essa ótica, a maior diferença é vista no início de 2020. O número de ether bloqueado só aumentou em 5% em comparação a 70% quando denominado em dólares. Diferente do que todos pensavam, a tendência ainda é clara: o valor em DeFi vem aumentando substancialmente durante o ano.

Então, agora, temos a seguinte pergunta: o que isso realmente nos mostra? Na maioria das vezes, é usado para mostrar que o mundo geral das DeFi está crescendo. Existe um problema fundamental com esse pensamento, e é por isso que o valor bloqueado pode aumentar sem novos usuários ou valor entrando em DeFi.

Pense, por exemplo, em alguém que possui ether e quer alavancagem. Podem ir à Maker e usá-lo como garantia para direcionar DAI adicional para então comprar mais ether.

Agora digamos que a contraparte também fosse um detentor de ether, mas quisesse ganhar juros sem estar exposto ao risco de preço. Então, transfere seu ether por DAI e fazem o empréstimo na Compound.

Outro usuário que queira realizar a arbitragem da diferença nos pools de liquidez da Uniswap e as taxas de juros poderiam bloquear ether na Compound e reduzir DAI, além de colocar DAI e seu respectivo par de negociação em uma pool na DAI. Você entende aonde quero chegar?

Em todas essas transações, a quantidade de valor bloqueado está aumentando, o que mostra que esses protocolos estão sendo usados para seus fins específicos.

Mas isso significa que o universo DeFi, como um todo, está realmente crescendo? Eu diria que está apenas mostrando que existem novos usuários e novo capital entrando no sistema.

Isso não foi para dizer que TVL não é uma métrica valiosa. Eu acredito que seja. Porém, para entendê-la, é preciso nuance de como está realmente sendo calculada e o que realmente significa para que o número por trás seja interpretado da forma corretora.

Outra forma de considerá-la é que o valor bloqueado nesses sistemas demonstram não o crescimento geral das DeFi, mas sim o aumento de confiança nesses sistemas.

Esses ativos bloqueados têm valor tangível e custos específicos de oportunidade de outros usos produtivos.

Se usuários optarem por continuar a injetar e investir mais capital nas DeFi, estão abdicando outras oportunidades porque acreditam que existe valor real a ser obtido que justifica os riscos inerentes.

Essa crença compartilhada, tanto no valor concreto como no ideológico, de usar essas redes apermissionadas é, em grande parte, o que irá contribuir com o crescimento das DeFi e de cripto como um todo.

Se essa crença continuar a crescer, vai chamar a atenção de outros e, um dia, poderia trazer esses sistemas ao uso convencional.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 18/02/2020 - 11:47