Confira um apanhado sobre o mercado cripto neste início de semana

11/01/2021 - 8:56
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Confira um resumo semanal sobre notícias relevantes relacionadas a cripto: o bitcoin atingiu uma nova alta de US$ 41,5 mil antes de cair abaixo de US$ 40 mil enquanto altcoins também tiveram ganhos significativos (Imagem: Freepik/diana.grytsku)

O bitcoin e o amplo mercado de criptoativos continuaram seu ótimo início de 2021, com fortes ganhos na última semana. O preço do bitcoin (BTC) disparou 12% e o preço do ether (ETH) subiu 31% durante a semana.

Até o preço do ripple (XRP) subiu 37% — apesar de ter passado por inúmeras deslistagens nas últimas semanas devido à ação judicial da SEC. O mercado cripto, como um todo, subiu 16% na última semana e atingiu a marca de US$ 1 trilhão pela primeira vez.

Houve sinais de que o interesse em bitcoin por investidores institucionais, como fundos de hedge, está continuando.

Na última quinta-feira (7), em uma conferência via Zoom do fundo de hedge SkyBridge Capital, para fornecer informações sobre seu recém-lançado SkyBridge Bitcoin Fund LP, contou com a participação de mais de seis mil pessoas.

A resposta impressionante de possíveis clientes fez com que a SkyBridge marcasse outra conferência para esta terça-feira (12).

SkyBridge Capital é comandada por Anthony Scaramucci, ex-diretor de comunicações da Casa Branca e banqueiro de investimentos do Goldman Sachs. O fundo tem, como alvo, investidores afluentes, dando a eles um acesso direto e seguro para obterem exposição ao bitcoin.

SkyBridge Bitcoin Fund abriu com US$ 310 milhões equivalentes em BTC, cujo investimento mínimo é de US$ 50 mil. O fundo também é apoiado por grandes nomes do mundo do direito e das finanças, em que Fidelity atua como sua custodiante e Ernst & Young realiza auditorias.

Dois dias antes da conferência da SkyBridge ter chamado a atenção, o investidor de fundos de hedge Bill Miller apoiou agressivamente o bitcoin em sua carta para a Miller Value Partners sobre o mercado no quarto trimestre de 2020.

Em seu texto, ele ataca Warren Buffet, outro grande investidor das finanças tradicionais, que chamou o bitcoin de “veneno de rato”. Miller disse: “Ele pode estar certo. O bitcoin pode ser um veneno de rato e esse rato pode ser dinheiro.” Em outra parte da carta, ele explica:

Se a inflação subir — ou mesmo se não subir — e mais empresas decidirem diversificar uma pequena parte de suas reservas em bitcoin em vez de dinheiro físico, então a pequena gota em bitcoin pode virar uma enxurrada.

No último sábado (9), o preço do bitcoin estava sendo negociado bem acima dos US$ 41 mil antes de cair drasticamente no domingo (10).

Embora o bitcoin tenha caído 10%, foi apenas ao nível visto nos quatro ou cinco dias anteriores. Isso indica que a queda foi uma breve retração no contexto do enorme mercado de alta que o bitcoin está vivenciando desde outubro de 2020.

O que vem por aí esta semana?

Criptomoedas de privacidade, como monero, são legais em grande parte dos países. É improvável que isso continue, dado o crescente foco no uso de criptomoedas em lavagem de dinheiro e ataques de ransomware (Imagem: Crypto Times)

15 de janeiro: Bittrex Global deslista as moedas de privacidade Monero, Dash, Zcash e Grin

No fim de dezembro, Bittrex, corretora cripto com sede em Seattle, anunciou que irá deslistar as moedas de privacidade monero (XMR), zcash (ZEC), dash (DASH) e grin (GRIN). Usuários da Bittrex devem realizar negociações com essas moedas até o dia 15 de janeiro.

A deslistagem da Bittrex é, em parte, uma resposta a uma série de novas propostas regulatórias nos EUA que irão afetar a legalidade de moedas de privacidade no país.

Apesar das futuras deslistagens, todas as moedas mencionadas tiveram ótimas semanas de negociação, em que XMR, DASH e ZEC subiram 27%, 63% e 58%, respectivamente.

17 de janeiro: bifurcação do Grin (atualização obrigatória de rede)

Grin, uma moeda de privacidade por padrão que usa a tecnologia MimbleWimble para ofuscar dados de transação, irá realizar sua quarta bifurcação drástica (ou “hard fork”) de atualização de rede no próximo domingo (17).

A atualização inclui mudanças para a melhoria do cálculo de taxas de transação e do algoritmo de ajuste de dificuldade do Grin. O preço da criptomoeda subiu 22% na última semana em antecipação da bifurcação.

Top 10 criptoativos da semana

Cryptocurrency market cap top 10

Foi uma ótima semana para os dez ativos de grande capitalização na tabela da Brave New Coin (BNC). Cardano (ADA) teve um ótimo desempenho, subindo 46%.

Ontem (10), StakingRewards, agregadora de dados de staking em cripto, anunciou que a rede Cardano ultrapassou a Polkadot e, agora, se tornou a maior rede de staking do mundo. O anúncio foi comemorado por Charles Hoskinson, fundador da rede, no Twitter.

Gráfico de preço do bitcoin

Bitcoin Price Graphic

Foi uma forte semana de negociação para os “bulls” de bitcoin, que teria sido melhor se não fosse a queda desse último fim de semana, que fez com que o preço da criptomoeda caísse abaixo dos US$ 40 mil.

Ki-Young Ju, CEO do CryptoQuant, sugeriu que o índice sobre a postura de mineradores (MPI) pode estar próximo de atingir uma alta local.

Isso é um indicador de pessimismo, pois sugere que mineradores estão se preparando para vender suas posses de bitcoin após um período de atividade positiva de preço.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 11/01/2021 - 8:59

Cotações Crypto
Pela Web