E se a Marfrig comprar a BRF?

16/06/2021 - 7:45
Marfrig MRFG3
Com a incorporação da BRF pela Marfrig, a nova empresa teria exposição de receita semelhante à da multinacional norte-americana Tyson Foods para a margem mais alta e menor volatilidade do segmento de alimentos processados (Imagem: Reprodução/ Facebook/ Marfrig)

Com as cartas na mesa, o mercado está ciente de que a Marfrig (MRFG3) já detém quase um terço da BRF (BRFS3), mais precisamente 31,66% de participação acionária, colocando a pulga atrás da orelha dos investidores quanto a uma possível aquisição.

A Marfrig está perto de desencadear a “pílula de veneno” ou poison pill — tipo de tática defensiva usada pelo conselho de administração de uma empresa contra uma aquisição — da BRF ao alcançar fatia de 33,3%, que a forçaria uma oferta para os acionistas minoritários com um prêmio.

A Ágora Investimentos observa dois cenários hipotéticos no âmbito da possível aquisição, de acordo com o relatório ao qual o Money Times teve acesso:

i) Marfrig paga um preço de acordo com as regras da poison pill: desencadeando um salto no preço-alvo de de 24% para a Marfrig e 17% para a BRF; ou

ii) Marfrig busca votos suficientes para remover a poison pill (maioria simples de 50% + 1) e paga um prêmio próximo ao valor de mercado atual das ações da BRF: resultando em um upside (potencial de valorização) no preço-alvo de 45% para a Marfrig e zero para a BRF.

“Com a incorporação da BRF pela Marfrig, a nova empresa teria exposição de receita semelhante à da multinacional norte-americana Tyson Foods para a margem mais alta e menor volatilidade do segmento de alimentos processados”, pontuam os analistas Leandro Fontanesi e José Cataldo, que assinam o relatório.

A empresa oriunda da combinação da Marfrig-BRF pode ficar com mais operações segregadas, uma vez que a Marfrig opera com bovinos e BRF com frango e suínos, o que poderia limitar as sinergias.

“Uma forma de desbloquear valor para a Marfrig-BRF seria buscar uma listagem nos Estados Unidos, uma estratégia semelhante à que a JBS planeja fechar seu desconto de avaliação para a Tyson Foods”, comenta a dupla da Ágora.

Falando em JBS (JBSS3), no dia 11 de junho o mercado foi surpreendido com a notícia, publicada no jornal O Globo, dando conta sobre o apetite da companhia pela BRF também.

Porém, analistas interpretam fortes chances dos planos da JBS irem por água abaixo ante ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), deixando o caminho livre à Marfrig.

Veja a seguir as recomendações da Ágora Investimentos no setor de frigoríficos:

Empresa Código Recomendação Preço-alvo (R$)
BRF BRFS3 Neutro 32
JBS JBSS3 Compra 38
Marfrig MRFG3 Compra 25

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 16/06/2021 - 7:45

Pela Web