Informação independente faz a diferença

Eztec tem vendas líquidas de R$ 9 milhões no 1º trimestre, queda de 66,7%

Eztec
A incorporadora informou que a campanha "De Pai Para Filho" surtiu o efeito desejado

A incorporadora Eztec registrou vendas líquidas de R$ 9 milhões entre janeiro e março, uma queda de 66,7% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com relatório operacional prévio divulgado nesta quinta-feira, 20. O volume líquido de comercialização é resultado de vendas brutas de R$ 114 milhões menos os distratos de R$ 105 milhões.

Entre as vendas brutas, R$ 90 milhões foram de imóveis prontos e R$ 24 milhões de unidades em lançamentos ou obras. Já dentre as rescisões, R$ 75 milhões atingiram os imóveis ainda em fase de lançamento ou obras, enquanto R$ 30 milhões foram de unidades prontas.

A Eztec não realizou lançamentos no primeiro trimestre. Entretanto, comunicou que lançou um projeto neste mês de abril, com valor geral de vendas (VGV) de R$ 49,5 milhões, situado na Lapa, zona oeste de São Paulo. Em sua apresentação, a incorporadora informou que a campanha "De Pai Para Filho" surtiu o efeito desejado, revigorando as vendas entre o final de janeiro e princípio de fevereiro, contrapondo a sazonalidade negativa do início do ano com o carnaval. Ao considerar os imóveis de padrões de média-alta e alta renda, para onde a companhia direciona seus próximos lançamentos, houve venda líquida de R$ 34 milhões.

A Eztec informou ainda que iniciou mobilizações de estandes de vendas em preparação para os lançamentos esperados para o segundo trimestre, o que tende a revigorar as vendas como um todo. Dado o ciclo de menos lançamentos que vigorou até então, a incorporadora espera que a composição do estoque tenda na direção de mais unidades performadas, não sujeitas a distratos.

No primeiro trimestre, a Eztec fez a entrega de duas fases do empreendimento Cidade Maia: o Alameda e o Praça, com VGV de lançamento respectivos de R$ 127 milhões e R$ 211 milhões. O Praça tinha a entrega prevista para o segundo trimestre e foi adiantada. A Eztec projeta entregas de empreendimentos com VGV de R$ 963 milhões neste ano, sendo R$ 660 milhões no terceiro trimestre e R$ 303 milhões no quarto trimestre. Não haverá entregas entre abril e junho.


 

Últimas Notícias