Grãos/Argentina: preço mais alto deve compensar custo de energia, diz ministro

22/03/2022 - 8:45
Milho Grãos
A Argentina é um importante produtor global de grãos, mas há receio de que os rendimentos da próxima safra sejam afetados pelos custos mais altos de fertilizantes (Imagem: Pixabay/WikimediaImages)

O ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, disse que os preços mais altos das commodities que o país exporta vão ajudar a compensar o efeito da alta dos custos de energia. “Com os preços (das commodities) hoje, vemos um efeito neutro”, disse Guzmán.

“O impacto do choque (dos preços de petróleo) será compensado pelas commodities.” A Argentina é um importante produtor global de soja, milho e trigo, mas há receio de que os rendimentos da próxima safra sejam afetados pelos custos mais altos de fertilizantes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Última atualização por Iasmin Rao Paiva - 22/03/2022 - 9:36

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto