Hashdex divulga sua carta mensal de julho; seu segundo ETF cripto está chegando na B3

03/08/2021 - 13:51
Em julho, os fundos Hashdex 20, 40 e 100 tiveram desempenho mensal de 3,5%, 6,5%, 14,3%, respectivamente (Imagem: Pixabay/Javaistan)

Na noite dessa segunda-feira (2), a gestora brasileira de criptoativos Hashdex divulgou sua carta mensal referente a julho.

No mês passado, seu índice Nasdaq Crypto Index (NCI) teve um desempenho positivo de 16,2%, em comparação a -9,6% em junho.

O desempenho anual do índice está em cerca de 69,4%.

O NCI reflete o desempenho das principais criptomoedas e, assim, não segue um número fixo de ativos. É ajustado trimestralmente de acordo com o amadurecimento do mercado cripto:

Composição dos ativos rastreados pelo NCI (Imagem: Hashdex)

Em julho, a gestora havia anunciado o lançamento de seu segundo ETF cripto: o Hashdex Nasdaq Bitcoin Reference Price Fundo de Índice (BITH11), cuja previsão de listagem na B3 é para esta quinta-feira (5).

BITH11 irá replicar um fundo que busca neutralizar as emissões de carbono geradas pela mineração do bitcoin (BTC) — processo que consiste na aplicação de recursos computacionais à rede a fim de garantir sua segurança e obter recompensas pela tarefa.

A Hashdex contará com o apoio da empresa alemã Crypto Carbon Ratings Institute (CCRI), que será responsável por toda a parte matemática e burocrática do cálculo das emissões de carbono, resultantes de todos os ativos adquiridos pelo Hashdex Nasdaq Bitcoin ETF (HDEX.BH) – fundo-alvo do BITH11.

É importante mencionar que, neste momento, HASH11, o primeiro ETF da Hashdex, está precificado a R$ 35 na B3, com um patrimônio líquido de US$ 1,9 bilhão.

Assim como o HASH11, o ETF BITH11 pretende ser uma via de acesso indireta aos aspectos sustentáveis e financeiros da maior criptomoeda do mundo. A gestora também recebeu aprovação para listar seu ETF com 100% de exposição ao ether: ETHE11.

Na carta mensal de julho, a gestora também comentou alguns acontecimentos importantes do mercado cripto, como a recuperação de preços e a redução de alavancagem das corretoras FTX e Binance.

Também debate a abordagem descentralizada da Square (SQ) em relação a serviços financeiros com o bitcoin (BTC) e fornece um panorama sobre a importância da tecnologia blockchain no sistema monetário.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 03/08/2021 - 14:03

Cotações Crypto
Pela Web