Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa se descola de Wall Street e sobe 0,7% com alta das commodities

Renan Dantas
19/05/2022 - 17:04
Ibovespa
(Imagem: Diana Cheng/Money Times)

O Ibovespa (IBOV) fechou a sessão desta quinta-feira (19) em alta de 0,71%, a 107.005,22 pontos, segundo dados preliminares, em meio à força das commodities.

Em Wall Street:

Segundo a Ativa Investimentos, em comentário enviado a clientes, a conjuntura de alta de juros global, atenuação das medidas de restrição na China, com um possível aumento na atividade industrial, impulsionam as commodities.

Com isso, as ações do setor de mineração, como CSN Mineração (CMIN3) e CSN (CSNA3), lideraram as altas, seguidas pela Locaweb (LWSA3).

“As ações da Locaweb operam em alta mediante divulgação da General Atlantic, atingindo a participação acionária acima de 10% da companhia. O setor de mineração avança com dados positivos da China e anúncio de recompra de ações”, afirma a corretora.

Alexsandro Nishimura, da BRA, lembra que o setor de tecnologia também se destacou, com movimento de troca de posições, com Banco Inter se recuperando de parte das perdas de ontem, além dos avanços de Méliuz, Locaweb e Totvs.

Ibovespa “está conseguindo desatrelar do movimento externo, que por sinal melhorou desde a abertura lá fora”, diz Pedro Galdi, analista da Mirae Asset Corretora, que citou diminuição do volume de saída de recursos estrangeiros da B3 em sessões recentes.

Inflação nos EUA

A evidência de que a inflação elevada está contaminando a economia está gerando calafrios nos investidores, depois que números das principais varejistas dos Estados Unidos mostraram redução no consumo de itens mais caros e que geram maior margem de lucro para as empresas.

Os investidores derrubaram em quase 25% as ações da Target na quarta-feira, após o lucro da empresa cair pela metade, à medida que a varejista teve que reduzir os preços de itens mais caros, enquanto os papéis do Walmart cederam mais de 17% desde a divulgação de resultados fracos na terça-feira.

China e a reabertura

Mais moradores de Xangai tiveram a liberdade de sair para comprar mantimentos pela primeira vez em quase dois meses nesta quinta-feira, enquanto as autoridades estabelecem mais planos para sair do lockdown da Covid-19 em toda a cidade mais plenamente.

O centro comercial de 25 milhões de habitantes não registrou novas infecções fora das áreas em quarentena pelo quinto dia consecutivo, consolidando ainda mais seu status de “zero Covid” a cada dia.

A XP dobrou a estimativa e agora espera expansão de 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB)do país em 2022, embora tenha elevado também a expectativa de inflação para até 2023. E o ministério da Economia manteve sua projeção para o PIB em 1,5%, mas espera uma inflação mais alta.

Os principais índices em Wall Street caíram, porém em menor intensidade do que na véspera, entre 0,3% e 0,8%. A situação macroeconômica continua a pesar, com temores relacionados à alta de preços, desaceleração econômica global e aumento de juros.

Os resultados de varejistas norte-americanas divulgados nesta semana evidenciaram o impacto da elevada inflação nos EUA no consumo e pesaram sobre a confiança do mercado.

DESTAQUES

CSN Mineração (CMIN3) saltou 9,1%, maior alta desde novembro, e CSN (CSNA3) subiu 7,2%, após ambas aprovarem programas de recompra de ações. Uma leve recuperação dos preços nos futuros de minério de ferro em Dalian e Cingapura, após Pequim sugerir mais apoio político para lidar com a Covid-19 na China, também deu suporte às ações. Usiminas (USIM3) teve alta de 5,1% e Vale (VALE3) ganhou 2,7%.

Eletrobras (ELET6) teve alta de 2,5%, após o TCU dar aval para privatização da empresa. O cronograma da operação deve ser definido até o começo da próxima semana e a oferta pode sair até 15 de junho, disse uma fonte à Reuters.

Hapvida (HAPV3) caiu 4,1%, a terceira baixa nos últimos quatro pregões.

Petz (PETZ3) reduziu 5,2%, terceiro recuo consecutivo.

Petrobras (PETR3)  cresceu 1,7%, diante de alta de 2,7% do petróleo Brent. Os preços refletiram perspectivas de relaxamento de restrições contra Covid-19 na China. PetroRio (PRIO3) retraiu 1,2%, quarta baixa seguida, e 3R Petroleum (RRRP3) exibiu acréscimo de 1,1%.

Nubank (NU) disparou 13,4%, PagSeguro (PAGS) teve alta de 9,7% e Stone (STNE) aumentou 6,7%, em dia positivo para várias empresas brasileiras listadas em Nova York.

Locaweb expandiu 5,5%, após dizer que o General Atlantic atingiu fatia de 10,8% na companhia.

BR Properties (BRPR3) perdeu 4,7%, após anunciar acordo para vender ativos por 5,92 bilhões de reais para a canadense Brookfield. As ações subiram 5,7% na véspera, depois de notícia sobre a operação no fim do dia. Em teleconferência com analistas nesta quinta-feira, executivos afirmaram que empresa está avaliando condições para eventual pagamento de dividendo com parte dos recursos da transação.

Com Reuters

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Renan Dantas - 19/05/2022 - 18:16

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto