Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

IRB perde 25,5% de valor de mercado em apenas dois dias, após relatório do UBS BB

07/10/2020 - 18:30
IRB Brasil
Alerta vermelho: relatório negativo do UBS BB sobre IRB causou efeito-manada (Imagem: Facebook)

As ações do IRB (IRBR3) viveram mais um dia de forte queda na B3 (B3SA3). Os papéis fecharam esta quarta-feira (7) cotados a R$ 6,44, representando um tombo de 10,18%. No pior momento da sessão, a resseguradora foi negociada por R$ 6,36. Já na máxima do dia, saiu por R$ 7,06.

Com o resultado de hoje, o IRB já perdeu 25,5% de valor de mercado em apenas dois pregões. Na segunda-feira (5), seu último dia de paz, o papel fechou com alta de 6,92%, cotado a R$ 8,65.

O que azedou o humor dos investidores foi o relatório do UBS BB (joint-venture entre o banco suíço e o Banco do Brasil) publicado na manhã de terça-feira. A análise marca a retomada da cobertura do papel pela instituição e trouxe uma avaliação bastante negativa.

Embora reconheça que a nova diretoria do IRB está adotando as medidas corretas para sanar todos os estragos deixados pela antiga gestão, envolva em acusações de fraudes contábeis, o UBS BB afirma que serão necessários, pelo menos, quatro anos para que a companhia volte ao normal.

Corram para as colinas

Por isso, o relatório recomenda a venda das ações, com um preço-alvo de R$ 4,60 para os próximos 12 meses. Quando os investidores souberam da avaliação negativa do UBS BB, correram para se desfazer dos papéis, causando um efeito-manada que chamou a atenção da B3.

A dona da Bolsa brasileira chegou a trocar ofícios com a direção do IRB, a fim de esclarecer o aumento atípico no número de negociações com as ações da companhia, bem como do volume financeiro envolvido.

UBS Bancos
Carrasco: para UBS BB, não há argumentos para que as ações do IRB estejam no atual patamar  (Imagem: Reuters/Arnd Wiegmann)

Não restou outra saída para o IRB, a não ser admitir que o relatório do UBS BB foi um baldo de água fria nos investidores, que se desfizeram de suas ações.

O problema é que, mesmo com o forte tombo dos últimos dois dias, o papel ainda está supervalorizado em relação ao preço-alvo do UBS BB. Haveria espaço para uma queda de mis 28,6%.

Resta saber se, para os investidores, os analistas exageraram e, portanto, é hora de manter os papéis na carteira, ou se continuarão vendendo nos próximos dias.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 07/10/2020 - 18:35

Cotações Crypto
Pela Web