Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Lançamentos da Mitre voltarão com força depois que pandemia enfraquecer

Diana Cheng
14/04/2021 - 12:06
Haus Mitre Residences
A Ágora Investimentos manteve sua recomendação neutra para a ação da Mitre, com preço-alvo ao fim de 2021 de R$ 19 (Imagem: Divulgação/Mitre Realty)

A Mitre (MTRE3) mostrou mais cautela no primeiro trimestre do ano, afirmou a Ágora Investimentos. Devido ao agravamento da pandemia de Covid-19, a companhia não realizou lançamentos no período, tendo apenas pré-lançado o empreendimento Haus Mitre Santa Cruz, com VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 118,6 milhões.

“A companhia adotou uma abordagem mais cautelosa depois que novas restrições foram implementadas em São Paulo”, comentaram os analistas Bruno Mendonça e Wellington Lourenço.

Apesar do ritmo menor de lançamentos no trimestre, a Ágora tem uma perspectiva de forte retomada para a Mitre depois que a pandemia enfraquecer. Os analistas acreditam que o crescimento dos lançamentos voltará com força assim que a crise for atenuada.

Além do Haus Mitre Santa Cruz, a Mitre possui mais quatro projetos em fase final de aprovação junto à municipalidade e com estandes concluídos e/ou em fase final de conclusão: o Haus Mitre Residences 370, o Haus Mitre Campo Belo, o Haus Mitre Vila Clementino e o Haus Mitre Aclimação, que juntos totalizam aproximadamente R$ 520 milhões em VGV.

A companhia disse que pretende lançar os cinco projetos depois que a situação for normalizada.

A Ágora optou por manter sua recomendação neutra para a ação, com preço-alvo ao fim de 2021 de R$ 19.

“Vemos o P/VPA [preço sobre valor patrimonial por ação] com um prêmio significativo para outras histórias de crescimento (Moura Dubeux [MDNE3] em 11,2 vezes) e para nomes consolidados, principalmente a Trisul (TRIS3), negociada em 9,6 vezes P/L [preço sobre lucro] para 2021″, explicaram os analistas.

A Mitre reportou vendas líquidas (excluindo comissões e distratos) de R$ 72,8 milhões no primeiro trimestre de 2021, o que representa um salto de 145,3% em relação aos R$ 33,7 milhões reportados em igual período de 2020 devido a uma base comparativa mais fraca. Em relação ao quarto trimestre do ano passado, houve queda expressiva de 70,8%.

A VSO (Venda sobre Oferta) nos primeiros três meses do ano foi de 18,7%, queda de 2,9 pontos percentuais em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Última atualização por Diana Cheng - 14/04/2021 - 12:06

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web