Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Méliuz, Bemobi, Mosaico e Enjoei: quais ações comprar no setor de tecnologia?

22/06/2021 - 11:29
Méliuz
A principal indicação da Genial Investimentos é a Méliuz, que ganhou recomendação de compra e preço-alvo de R$ 55 (Imagem: Facebook/Méliuz)

A Genial Investimentos iniciou a cobertura de algumas empresas do setor de tecnologia com recomendação de compra para Méliuz (CASH3), Bemobi (BMOB3) e Mosaico (MOSI3). Para o Enjoei (ENJU3), a corretora indicou manter o papel.

A Genial tem perspectivas positivas para as companhias tecnológicas. Segundo o analista Eduardo Nishio, responsável pelo relatório divulgado na semana passada, 2021 ficará marcado, não por acaso, como o ano das techs na Bolsa. As empresas têm se mostrado cada vez mais focadas em solucionar os problemas de seus clientes e estão apresentando um crescimento exponencial.

O setor foi impactado de maneira positiva pela pandemia de Covid-19. Com as medidas de distanciamento social, as pessoas precisaram recorrer aos serviços digitais.

O mercado questiona se, no mundo pós-pandemia, essa indústria vai conseguir sustentar a fase de crescimento que viu no último ano. Para Nishio, o setor tem capacidade de seguir a trajetória de expansão – até porque a pandemia é apenas um dos diversos gatilhos nas teses de investimento dessas empresas.

“Não acreditamos ser, como alguns difundem por aí, que é apenas um boom temporário do setor. A moda virou tendência e empresas do setor de tecnologia vieram pra ficar”, afirmou o analista.

Principal escolha

Entre as quatro empresas mencionadas, a Genial tem a Méliuz como a ação favorita. A recomendação de compra é acompanhada pelo preço-alvo de R$ 55.

Além de ter entrado no mercado com uma proposta inovadora de cashback, a companhia está trabalhando para ampliar sua gama de produtos.

Os serviços financeiros são a grande aposta da Méliuz para os próximos anos. A empresa, que já conta com um cartão de crédito, quer oferecer seguros, empréstimos, serviços de pagamentos e recargas para os usuários.

“Entendemos que o diferencial não será mais oferecer somente cashback, e enxergamos que o time Méliuz também está ciente desse contexto”, disse Nishio.

Além disso, a empresa está buscando se expandir no exterior, e a aquisição da Picodi.com vai ajudar nessa empreitada. A plataforma tem atuação em 44 países e registrou mais de 68 milhões de visitas em 2020.

Outras opções

Mosaico e Bemobi são outras duas ações indicadas pela Genial, que estipulou preços-alvo para os papéis de, respectivamente, R$ 30 e R$ 35.

Na opinião da Genial, a Mosaico conta com um modelo de negócios interessante. A empresa não precisa de muito capital para expandir suas operações e consegue crescer com mais facilidade, gerando maior retorno.

Outro ponto positivo da companhia é o uso de dados e inteligência artificial para aumentar o engajamento do usuário final.

Mosaico Buscapé
Na opinião da Genial, a Mosaico conta com um modelo de negócios interessante (Imagem: Divulgação/Mosaico)

O uso de dados também é uma das principais características da tese da Bemobi.

“Aqui na Genial somos bastante otimistas com empresas digitais e o forte trabalho baseado em dados é uma característica que adiciona um peso muito positivo”, comentou Nishio.

A Bemobi possui um modelo de revenue-share (via parcerias com empresas de telefonia celular e que trabalham com modelo B2B2C), o que garante parte da receita de todos os envolvidos na operação da empresa.

A companhia também tem a seu favor um mercado gigantesco para explorar.

Problemas para resolver

O Enjoei, assim como as demais plataformas digitais, conta com um modelo de negócio que precisa de pouco capital para expandir suas operações. Além de ter um modelo escalável que permite que consumidores virem vendedores e vendedores se tornem consumidores, a empresa vem de um mercado que está em alta. De acordo com a Genial, os produtos de segunda mão podem superar o mercado de roupas novas nos próximos anos, beneficiando a empresa.

No entanto, o Enjoei possui alguns problemas que explicam a cautela da corretora com o nome. O maior é a gama de produtos falsificados no site.

Enjoei
Devido ao grande volume de produtos falsificados, a Genial não considera o Enjoei como uma empresa ESG (Imagem: Diana Cheng/Money Times)

“É óbvio que produtos falsificados irão aparecer em plataformas como essa, mas o que consideramos inaceitável é a ‘vista grossa’ feita pela companhia”, disse Nishio. Por conta disso, não é possível estimar a porcentagem da receita advinda de produtos com qualidade e originalidade duvidosa.

Devido ao grande volume de produtos falsificados, a Genial não considera o Enjoei como uma empresa ESG (Environmental, Social and Corporate Governance, ou Ambiental, Social e Governança Corporativa).

“Uma empresa ESG não pode ser vitrine para produtos falsificados, no qual é impossível entender se os meios de produção respeitavam as condições mínimas de trabalho digno ou respeito a meio ambiente”, completou o analista.

O preço-alvo proposto pela Genial para a ação do Enjoei é de R$ 10.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 22/06/2021 - 11:29

Pela Web