Preço do bitcoin volta a atingir US$ 60 mil após rumor de possível aprovação de ETF

The Block
The Block
15/10/2021 - 13:55
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Bitcoin Gráfico
Com o último aumento do preço, bitcoin agora tem uma capitalização de mercado de US$ 1,1 trilhão – cerca de dez vezes maior que a estimada para o ouro (Imagem: Freepik/pvproductions)

O preço do bitcoin (BTC) ultrapassou a marca dos US$ 60 mil, voltando a atingir valores vistos no início deste ano.

Uma corrida pelo bitcoin no início do ano fez com que o preço da criptomoeda atingisse recordes históricos em março. No mês seguinte, o preço do BTC chegou a US$ 64,5 mil, antes de cair significativamente em maio.

Após o halving no preço – em que caiu abaixo dos US$ 30 mil – a maior criptomoeda do mundo ganhou forças novamente e começou a caminhar para um novo ciclo de alta.

“Halving” é o termo dado à redução pela metade na recompensa por bloco dada a mineradores, usuários que garantem a segurança da rede ao aplicar poder computacional para obter o direito de transmitir um bloco de transações ao blockchain.

“A forte ascensão do bitcoin no último trimestre e agora ultrapassando US$ 60 mil tem sido comandada pelo interesse de investidores institucionais, alinhado com o crescimento explosivo de tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) e do setor de gaming, o qual atraiu muitos usuários novos para o bitcoin e outras criptomoedas. Continuamos vendo fortes determinantes para o longo prazo”, disse Aly Madhavji, sócio administrativo da Blockchain Founders Fund.

Com o último aumento do preço, bitcoin agora tem uma capitalização de mercado de US$ 1,1 trilhão – cerca de dez vezes maior que a estimada para o ouro.

Um possível ETF de futuros de bitcoin

O aumento repentino do bitcoin foi impulsionado pela possível futura aprovação de um fundo negociado em bolsa (ETF) de futuros de bitcoin.

Após comentários do presidente da Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (SEC) dos Estados Unidos, Gary Gensler, de que um ETF de futuros seria melhor para o curto prazo, um relatório emitido ontem pela Bloomberg indica que esse ETF estaria iminente.

“É altamente esperado que aconteça, no quarto trimestre, um progresso significativo quanto a um ETF de bitcoin nos Estados Unidos. O aumento visto hoje pode ter sido motivado por um tuíte da SEC, o qual menciona explicitamente futuros de bitcoin”, disse Ben Caselin, diretor de pesquisa e estratégia da AAX.

Um ETF com base em futuros de bitcoin, ao invés de negociações à vista, significa uma possibilidade de os investidores apostarem na futura direção da criptomoeda, ao invés de comprá-la ou vendê-la com valores atuais.

Quanto a isso, Eric Balchunas, analista sênior de ETFs na Bloomberg, argumenta que pode ter um impacto muito menor. Em um tuíte, ele escreveu que a demanda, provavelmente, será discreta, e estimou cerca de US$ 3 bilhões a US$ 4 bilhões em volume, durante o primeiro ano.

No entanto, Balchunas reconheceu que é ainda um grande passo para uma espera de sete anos, desde a primeira aplicação para um ETF de bitcoin nos Estados Unidos.

Balchunas também notou que Valkyrie enviou um formulário do tipo 8-A, o qual ele disse que “é outro indicativo de que eles acreditam que isso [aprovação do ETF de futuros de bitcoin] será efetiva”.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 15/10/2021 - 13:55

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web