Preço do token SAND cresce 37% após The Sandbox abrir as portas de seu metaverso

17/11/2021 - 11:52
The Sandbox
The Sandbox Alpha é a primeira oportunidade para os usuários terem contato com o metaverso baseado em tokens não fungíveis da plataforma (Imagem: The Sandbox/Medium)

Conforme noticiado pelo Decrypt, o preço do token nativo da plataforma The Sandbox – SAND –  aumentou 37%, após o anúncio de que The Sandbox Alpha irá abrir suas portas. 

The Sandbox Alpha é a primeira oportunidade para os usuários terem contato com o metaverso baseado em tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) da plataforma. 

Segundo o Decrypt, a versão Alpha do metaverso de The Sandbox estará aberta de 29 de novembro até 20 de dezembro. Os usuários poderão jogar 18 jogos diferentes, porém será preciso ter um NFT para acessá-los.

Três dos 18 jogos contarão com experiências multiplayer e estarão disponíveis para todos. Já para ter acesso aos outros 15 jogos, o usuário precisará de um NFT Alpha Pass.

Os detentores do Alpha Pass poderão participar de torneios multiplayer com a configuração play-to-earn (P2E), em que os usuários recebem recompensas por jogarem.

De acordo com o Decrypt, serão criados somente 5 mil unidades de NFT Alpha Pass. As primeiras mil unidades serão sorteadas entre os detentores do token LAND da plataforma, enquanto que as demais unidades serão reservadas como prêmios para jogadores que engajarem em atividades diárias.

Corrida dos metaversos: Enjin anuncia fundo
de US$ 100 milhões para impulsionar metaverso e NFTs

A ascensão dos metaversos

De acordo com o Decrypt, o termo “metaverso” foi originalmente cunhado por Neal Stephenson, em seu livro “Snow Crash”, publicado em 1992.

O conceito por trás da palavra está ligado a um universo virtual, no qual usuários podem interagir entre si como avatares digitais. O espaço criado por um metaverso pode ser usado para diferentes objetivos, como interações sociais, jogos e até mesmo trabalho.

The Sandbox é uma das plataformas de metaverso com base em cripto. Outras plataformas com propósitos semelhantes são Decentraland (MANA) e CryptoVoxels.

Essas plataformas, segundo o Decrypt, usam NFTs e têm tokens nativos criptografados, que designam propriedade virtual sobre determinados ativos, como terras virtuais, vestimentas de personagens, entre outros.

Na plataforma The Sandbox, especificamente, existem NFTs de diversas marcas, como Atari e Os Smurfs, por exemplo. Os jogadores podem criar seus próprios NFTs e tentar monetizá-los na plataforma. Para isso, é usado o token nativo SAND, que é um token do tipo ERC-20.

Uma das ideias recentes ligadas a esse tipo de tecnologia é a de mobilidade entre os metaversos. Nesse caso, os usuários poderiam adquirir vestimentas para um personagem na plataforma The Sandbox e transferi-las para Decentraland, por exemplo.

Recentemente, o preço de tokens ligados a metaversos subiu consideravelmente, principalmente após o anúncio de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, de que a rede social teria seu nome alterado para “Meta”, para estar mais condizente com a iniciativa da empresa de adentrar o mundo dos metaversos.

Última atualização por Vitória Martini - 17/11/2021 - 11:52

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web