Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Real Valor: Vale (VALE3) e Petro (PETR4) foram as ações preferidas de 2021; veja a lista completa de ativos

Real Valor
13/01/2022 - 13:57
Vale
(Imagem: Divulgação/Vale)

Por Claudia Loureiro

Apesar da esperança inicial por um aquecimento da economia após a desaceleração vista em função da pandemia em 2020, o mercado financeiro não foi um mar de rosas em 2021. No ano passado, o investidor viu a inflação decolar, o que puxou bruscamente a taxa Selic para cima. O cenário político instável em boa parte do ano, marcado pelas dificuldades impostas pela pandemia e as incertezas fiscais, também foi um fator de peso para a volatilidade do mercado.

Sendo assim, o dólar teve valorização expressiva no ano passado, pesando sobre o preço de produtos importados, além de contribuir para a escassez e consequente alta dos preços no mercado interno, já que o cenário serviu de incentivo à exportação.

Esse foi o cenário e agora vamos saber um pouco mais sobre os ativos mais investidos pelos usuários do Real Valor no ano de 2021.

Será que foram escolhas capazes de manter a rentabilidade da carteira em meio às dificuldades econômicas do ano passado?

Ações mais investidas

A bolsa de valores brasileira viu boa parte dos papéis listados derreterem no último ano. As incertezas fiscais, a instabilidade do processo de reabertura da economia e a alta da taxa básica de juros foram alguns dos fatores de impacto.

Confira os papéis preferidos dos investidores que usam o App Real Valor:

VALE3

Os papéis da mineradora Vale (VALE3) foram os mais investidos em 2021, com 6,6% do valor de aportes. O preço médio ponderado do papel foi de R$ 96,50, e a ação fechou o ano negociada a R$ 77,96.

A perda média do ativo no ano passado foi de 19%. Um dos fatores que pressionou a performance do papel foi a queda da demanda por minério de ferro vista em alguns momentos, sobretudo em razão da crise do mercado imobiliário na China.

Contudo, segundo analistas, a mineradora vem reduzindo os seus custos e ganhando maior produtividade. Para este ano, são esperados bons pagamentos de dividendos.

PETR4

A preferência dos investidores pelas blue chips continua: os papéis da Petrobras (PETR4) ficaram em segundo lugar, com 4,92% do valor investido em ações. O preço médio ponderado do papel foi de R$ 25,66, e a ação fechou o ano negociada a R$ 28,45.

A rentabilidade média do ativo foi de 11% em 2021. No final do ano, a companhia anunciou seu novo plano de negócios plurianual, com previsão de investimento de US$ 68 bilhões entre 2022 e 2026, à medida que reforça aportes para ampliar a produção de petróleo no pré-sal.

BBAS3

O Banco do Brasil (BBAS3) também está entre os preferidos dos investidores, com 3,04% do valor investido em ações. O preço médio ponderado do papel foi de R$ 31,33, e a ação fechou o ano em R$ 28,85.

A ação caiu 10% no ano passado, mas os usuários do Real Valor só tiveram perda de 8% no último ano, apesar de o banco ter registrado um dos maiores lucros da última temporada de balanços corporativos.

PRIO3

O setor de petróleo tem mais uma representante entre os papéis queridinhos dos investidores em 2021. A PetroRio (PRIO3) ficou em quarto lugar, com 2,88% do valor investido em ações. O preço médio ponderado de compra do papel foi de R$ 43,91, representando uma perda média de 53% para os usuários do Real Valor em 2021, pois ação fechou o ano negociada a R$ 20,67.

A pressão da variante Ômicron do Coronavírus sobre o preço do petróleo foi sentida com mais força pelas small caps, como é o caso da PetroRio. Os papéis da companhia, que estavam vislumbrando uma recuperação em outubro, derreteram mais de 13% no mês de novembro. Houve alta volatilidade, mas PRIO3 acabou fechando em alta no ano. Os investidores do Real Valor não captaram isso pois, em média, compraram as ações em pico de alta, mais caras do que no final do ano.

MGLU3

Fechando as ações preferidas dos investidores em 2021 está a Magazine Luiza (MGLU3), que contou com 2,52% do valor investido em ações. O preço médio ponderado do papel foi de R$ 18,78, mas as ações sofreram com a alta da inflação e da taxa básica de juros, que impactaram o poder de compra da população, prejudicando as varejistas em geral. Assim, as ações da companhia despencaram, encerrando o ano a R$ 7,22, com uma perda média de 62% em 2021.

BDRs mais investidos

Os índices das bolsas americanas bateram recordes de valorização em 2021. No ano passado, o Nasdaq avançou 23%, o Dow Jones teve alta de 20% e o ganho do S&P 500 beirou os 30%. As gigantes da tecnologia estrelaram asvalorizações.

Veja os BDRs favoritos dos usuários do Real Valor:

TSLA34

Liderando o ranking, estão os papéis da Tesla (TSLA34), fabricante de carros elétricos fundada pelo polêmico investidor Elon Musk. O ativo foi o queridinho absoluto dos investidores, com 19,23% do valor investido em BDRs. O preço médio ponderado do papel foi de R$ 122,07 em 2021, e TSLA34 encerrou o ano negociada a R$ 186,54. A rentabilidade média do ativo foi de 53% no ano.

AURA33

Em segundo lugar estão os papéis da mineradora canadense Aura Minerals (AURA33). A companhia, que foca na exploração de projetos de ouro e outros metais nas Américas, contou com 8,46% do valor investido em BDRs.

O preço médio ponderado do papel foi R$ 61,70, e a companhia encerrou o ano negociando seus ativos a R$ 45,00, com perda média de 27% no ano.

MELI34

O Mercado Livre (MELI34) ficou com a terceira posição no ranking, com 7,32% do valor investido em BDRs. O preço médio ponderado da ação foi R$ 69,64 em 2021, e a companhia encerrou o ano negociando seus ativos a R$ 62,88. A perda média do papel foi de 10%.

A companhia é favorecida pela consolidação do varejo online, que cresceu muito com o isolamento social, mas acaba sofrendo com a queda do poder de compra da população.

AAPL43

A Apple (AAPL34), marca mais valiosa do mundo, ficou em quarto lugar, com 5,57% do valor investido em BDRs. As vendas da companhia explodiram na pandemia, e o resultado corporativo referente ao terceiro trimestre de 2021 reportou receita 29% maior que a registrada no mesmo período em 2020.

O preço médio ponderado da ação foi de R$ 72,19, e a empresa encerrou o ano negociando seus papéis a R$ 96,93. A rentabilidade média do ativo foi de 34% no ano passado.

DISB34

A Disney (DISB34) encerra a lista das BDRs mais investidas de 2021, com 5,21% do valor de aportes em BDRs. A companhia sofreu nos anos de pandemia, com as restrições em relação ao turismo, mas tem a plataforma de streaming Disney+ como sua grande aposta.

O preço médio ponderado do papel foi de R$78,25, e a empresa encerrou o ano negociando suas ações a R$ 57,75. A perda média do ativo foi de 26% em 2021.

FIIs mais investidos

2021 não foi o melhor ano para os fundos imobiliários. Essa classe de ativos foi prejudicada pela alta dos juros futuros, que aconteceu em decorrência da alta da inflação e do aumento da percepção de risco fiscal.

Eis os FIIs prediletos dos usuários do Real Valor:

HCTR11

O Hectare CE FII liderou os investimentos preferidos nessa classe de ativos, com 4,36% do valor investido em FIIs. O preço médio do ativo foi de R$ 134,20, e o preço final de negociação foi R$ 126,15.

O fundo de recebíveis especializado em operações de desenvolvimento, principalmente em loteamentos e multipropriedades teve perda média de 6% no ano passado.

IRDM11

Na segunda posição, com 4,34% do valor investido em FIIs, está o Iridium Recebíveis Imobiliários. O preço médio do ativo foi R$ 125,23 em 2021, e o valor final de negociação foi R$ 108,97. O fundo teve perda média de 13% no ano passado.

O IRDM11 é um fundo imobiliário do tipo papel. Seu IPO ocorreu em março de 2018, e hoje o fundo tem uma representação de 3,29% no IFIX. Seus investimentos são focados principalmente em ativos de títulos e valores mobiliários.

MXRF11

O fundo Maxi Renda também esteve entre os favoritos dos investidores em 2021, com 4,33% dos aportes em FIIs. O preço médio ponderado do ativo foi R$ 10,31, e o preço final de negociação foi R$ 10,01, registrando perda média de 3% no ano passado.

O Maxi Renda tem mais de uma década de atividade e o maior número de cotistas na bolsa. Cerca de 80% do patrimônio deste fundo é direcionado a CRIs, e os 20% restantes, à permutas financeiras.

RECR11

O REC Recebíveis Imobiliários ficou em quarto lugar, com 3,32% do valor investido em FIIs. O preço médio do ativo foi R$ 104,30, e o valor final de negociação foi R$ 99,98. A perda média do fundo em 2021 foi de 4%.

O fundo imobiliário do tipo papel destina seus investimentos principalmente a ativos de títulos e valores mobiliários.

XPLG11

O XP Log Fundo de Investimento Imobiliário ficou em quinto lugar, com 3,24% do valor investido em FIIs. O preço médio ponderado do ativo foi R$ 111,00, e o fundo encerrou 2021 negociando seus ativos a R$ 102,40. O fundo teve perda média de 8% no ano passado.

Renda Fixa

Com a alta da taxa básica de juros a um patamar superior ao esperado, a renda fixa atrelada à Selic ou ao CDI voltou a ser atrativa para os investidores. E, diante da escalada da inflação, os títulos atrelados ao IPCA também foram muito procurados para as carteiras.

Abaixo, você pode conferir os títulos preferidos dos usuários do Real Valor:

Selic 2027

O Tesouro Selic 2027 obteve 33,11% de compra por valor e 12,39% de compra por quantidade de usuários, sendo o ativo preferido pelos investidores nessa classe de aplicações.

Selic 2024

Em segundo lugar vem o Tesouro Selic 2024, com 15,95% de compra por valor e 10,70% de compra por quantidade de usuários.

IPCA+ 2026

O IPCA+ 2026 contou com 11,21% das compras por valor e 14,18% das compras por quantidade de usuários, sendo o terceiro ativo do tesouro direto mais investido pelos usuários do Real Valor.

Selic 2025

O Tesouro Selic 2025 ficou em quarto lugar na preferência dos investidores, com 7,21% das compras por valor e 9,32% das compras por quantidade de usuários.

Prefixado 2026

A lista de ativos de renda fixa preferidos dos investidores é encerrada pelo Tesouro Prefixado 2026, que obteve 5,4% das compras por valor e 7,65% das compras por quantidade de usuários.

Controle sua carteira de forma simplificada com o Real Valor

Um ano com tantos desafios no mundo dos investimentos demonstrou ainda mais a importância de ter uma carteira diversificada, no entanto, controlar corretamente seus investimentos pode ser bastante desafiador quando suas aplicações ficam espalhadas em diferentes corretoras ou bancos.

A solução para esse problema é muito simples: basta baixar o aplicativo gratuito do Real Valor! Dessa forma, você consegue consolidar seus investimentos em um só lugar e controlar sua carteira de investimentos para tomar as melhores decisões e ganhar mais. Baixe o Real Valor e tenha seus investimentos administrados na palma da sua mão!

Última atualização por Márcio Juliboni - 13/01/2022 - 13:57

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web