Reddit firma parceria com Arbitrum para impulsionar seus próprios tokens

22/07/2021 - 16:06
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Cada vez mais, a plataforma Reddit quer fornecer incentivos para que usuários continuem contribuindo na rede, mas que ganhem recompensas por sua criação de conteúdo, algo inexistente nas demais redes sociais tradicionais (Imagem: Reddit)

A plataforma Reddit está implementando a solução de segunda camada Arbitrum em uma tentativa de atualizar seus “Community Points” — tokens cripto usados como recompensa para dois de seus subreddits (“subfóruns”) —, de acordo com um anúncio dessa quinta-feira (22).

Inicialmente, a integração continuará sendo feita na rede de testes, mas é um passo adiante no plano do Reddit em migrar os tokens para a rede blockchain principal da Ethereum por meio da Arbitrum. Permitirá que mais transações sejam processadas e de baixo custo.

“Você perceberá que transações serão validadas bem mais rapidamente e, quando você criar um ‘vault’, você não precisará ficar solicitando [tokens] Moons/Bricks todo mês”, explicou a equipe do Reddit. “Vão surgir em seu ‘vault’ como num passe de mágica!”

Levando o blockchain até o Reddit

Community Points são um incentivo para que usuários da plataforma entendam sobre gerenciamento de carteira, chaves públicas e privadas e ganhem recompensas com base no conteúdo publicado (Imagem: Unsplash/brett_jordan)

Em 2020, o popular fórum on-line lançou dois tokens baseados na Ethereum — MOON e BRICK — como parte de seu programa de Community Points.

Usuários dos subreddits Cryptocurrency e Fortnite Battle Royale ganharam os tokens em troca da contribuição de conteúdos de qualidade (em teoria).

Os tokens foram lançados em uma versão de testes do blockchain Ethereum. A intenção era reduzir taxas e permitir que um maior número de transações acontecesse — em vez de acrescentar mais carga ao blockchain principal.

Logo em seguida, Reddit começou sua iniciativa “Scaling Bake-Off”, convidando desenvolvedores a enviarem propostas de escalabilidade para seus novos tokens — com a expectativa de integrá-los à rede Ethereum, de uma forma ou de outra.

Um ano depois, a plataforma decidiu escalar com a ganhadora da competição: Arbitrum.

Arbitrum é uma solução de segunda camada. Isso significa que tira a sobrecarga do blockchain principal (de primeira camada) — neste caso, Ethereum — e processa transações em seu nome. Isso permite que o blockchain processe uma quantidade maior de transações a taxas mais baixas.

Por que a Arbitrum?

Arbitrum se apresenta como uma “solução de escalabilidade sem compromisso” para aplicações descentralizadas da Ethereum a baixo custo (Imagem: Crypto Times)

Segundo a equipe do Reddit, a Arbitrum se destacou por diversos motivos.

O projeto, desenvolvido pelo Offchain Labs, é completamente descentralizado, pois sua segurança e finalidade vem do blockchain principal (transações são atualizadas ao blockchain de vez em quando, garantindo que, em algum momento, cheguem à rede principal).

Não existem pontes centralizadas, ou seja, usuários terão controle sobre seus Community Points e outros ativos digitais.

Além de serem completamente descentralizada, a equipe Reddit afirma que Arbitrum é amigável aos desenvolvedores e possui um “amplo apoio do ecossistema”, podendo crescer ainda mais.

Usuários não poderão usar seus tokens durante a migração à rede da Arbitrum, que pode demorar algumas horas, segundo a equipe.

Usuários são incentivados a usar o recurso de ‘vault’, integrado ao aplicativo do Reddit, para armazenar seus tokens. Porém, se membros estiverem usando outras carteiras para o armazenamento, poderão usar uma ferramenta de escalabilidade quando a migração estiver completa.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 22/07/2021 - 16:06

Pela Web