Terra (LUNA): Fundador quer ressuscitar rede por meio de ‘fork’ no blockchain

The Block
The Block
16/05/2022 - 17:03
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Terra LUNA
Na nova proposta de Do Kwon, a atual rede passaria a chamar “Terra Classic”. (Imagem: YouTube/Terra)

O fundador de Terra (LUNA) e CEO de Terraform Labs, Do Kwon, fez uma proposta formal, intitulada “Terra Ecosystem Revival Plan 2”, para fazer uma bifurcação (“fork”) da rede Terra em um novo blockchain.

Kwon apresentou a nova proposta nesta segunda-feira (16), em uma publicação no fórum de discussão de Terra, após as criptomoedas da rede — LUNA e a stablecoin UST — terem atingido o fundo do poço na última semana.

A nova proposta se soma ao plano inicial de renascimento de Terra, publicado na semana passada, que sugeria o reinício do blockchain.

Essa proposta inicial criaria um bilhão de tokens, que seriam distribuídos entre detentores afetados pelo colapso e atuais detentores de tokens, como um incentivo para permanecerem e ajudarem na reconstrução da rede Terra.

“A falha no lastro de UST é o momento chave para a DAO de Terra — uma chance para renascer das cinzas”, disse Do Kwon em sua publicação.

CEO de Terraform Labs supostamente cofundou
outro projeto de stablecoin fracassado

Como funcionará a nova rede Terra

O novo plano de Do Kwon propõe a bifurcação do blockchain em uma nova rede, que se chamará “Terra”, com o token Luna, enquanto o antigo blockchain se tornaria “Terra Classic”, e o token Luna original passaria a ser chamado “Luna Classic” (LUNC).

O novo token Luna seria distribuído para detentores de Luna Classic, stakers e desenvolvedores de Terra Classic. A intenção é que o blockchain “pertença à comunidade” e mire em uma taxa de inflação de 7% por meio de recompensas de staking.

A criação de um bilhão de Luna ainda faz parte da nova proposta de Do Kwon. O fundador de Terra propôs que um quarto desses tokens seja destinado a um pool comunitário no blockchain bifurcado, controlado por governança ligada a staking.

Além disso, Kwon planeja que 5% dos novos tokens fiquem com desenvolvedores, 35% com carteiras que detinhas Luna antes do colapso, 10% para detentores de Luna no lançamento do novo blockchain, e 25% para detentores da stablecoin UST, seguindo um cronograma de aquisição.

A proposta será colocada em votação na próxima quarta-feira (18).

O fundador de Terra explicou no Twitter por que está defendendo esse caminho para a rede seguir, dizendo que o grupo de talentos de desenvolvedores está “mais amplo e profundo em Terra que na maioria dos ecossistemas” e que “o blockchain de Terra é incrivelmente robusto, conforme atestado pelos eventos recentes”.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 16/05/2022 - 17:03

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto