Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Uma CBDC pode melhorar o sistema de pagamentos dos EUA, afirma Powell

20/10/2020 - 14:20
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Jerome Powell
Em uma mesa-redonda do FMI, Powell deu sua opinião sobre a possibilidade de implementar uma CBDC no sistema bancário americano (Imagem: REUTERS/Kevin Lamarque)

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, o banco central dos EUA, reconhece que uma moeda digital emitida por banco central (CBDC) poderia resultar em melhorias no amplo sistema de pagamentos do país.

Nessa segunda-feira (21), durante uma mesa-redonda sobre pagamentos internacionais realizada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), Powell disse que “existem diversas formas que uma CBDC pode melhorar o sistema de pagamentos e é essa área pela qual temos interesse”.

Uma CBDC poderia facilitar transações mais rápidas e baratas, afirmou Powell, acrescentando que tal moeda também poderia ajudar a modernizar a infraestrutura de pagamentos e atender clientes que não têm acesso a instituições financeiras.

Powell reiterou que o Fed não tomou uma decisão em emitir uma criptomoeda, pois “ainda existe muito trabalho a ser feito, bem como grande consultoria pública com todos os acionistas antes de tomar a decisão”.

Powell disse que cerca de 80% dos bancos centrais em todo o mundo estão explorando conceitos de CBDCs, mas sugeriu que o Fed não está com pressa de emitir a sua.

“Eu acho que é mais importante para os Estados Unidos acertarem [o design correto] do que serem os primeiros”, afirmou Powell.

“Acertar significa que não iremos apenas analisar os possíveis benefícios de uma CBDC, como também os possíveis riscos, como também identificar as desvantagens, que devem ser bem-pensados, cuidadosamente”.

Powell destacou três riscos ou desafios das CBDCs:

– proteções de ciberataques e fraudes;
– impacto sobre a política monetária e estabilidade financeira;
– o equilíbrio entre privacidade e segurança, bem como a necessidade de evitar atividades ilícitas em uma hipotética rede de CBDC.

“Não são perguntas simples, então as respostas terão de ser amplamente compreendidas”, disse Powell.

Ele também percebeu que o Fed precisaria trabalhar em cooperação com o setor privado para apresentar melhor serviços de pagamento e CBDCs.

“Provavelmente, o setor privado poderá contribuir por meio da inovação tecnológica. O setor público apresenta uma perspectiva que visa por amplos benefícios públicos”, explicou ele.

Recentemente, o Fed firmou uma parceria com outros bancos centrais e o Banco de Compensações Internacionais (BIS) para pesquisar CBDCs e Powell disse que a colaboração tem sido “muito produtiva”.

Powell também mencionou a parceria do Federal Reserve Bank de Boston com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) para “desenvolver uma hipotética moeda digital emitida por banco central”.

Ele afirmou que qualquer possível CBDC atuaria como um complemento, e não uma substituição ao dinheiro físico, pois os EUA continuam a ter uma “forte demanda” por dinheiro em espécie.

Por que bancos centrais têm interesse em criptomoedas?

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 20/10/2020 - 14:20