Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

US$ 2,3 bilhões em empréstimos demonstram forte crescimento da Genesis Prime

04/08/2020 - 12:01
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Apesar do empréstimo subsidiado em dinheiro, empréstimos em dinheiro da Genesis como uma porcentagem de seu livro total caíram de 36% para 32% (Imagem: Genesis Capital)

Genesis Prime, uma dentre muitas empresas competindo por participação de mercado no crescente setor competitivo de prime brokers para cripto, divulgou seu relatório trimestral dando detalhes sobre o estado de seu braço de empréstimos bem-estabelecido junto com novas linhas de negócio.

Prime brokers existem como intermediárias para instituições que operam no mercado, permitindo que negociem em diferentes plataformas em busca do melhor preço possível.

Empréstimos gerados ultrapassaram US$ 8,4 bilhões conforme novos empréstimos atingiram novas altas pelo novo trimestre consecutivo em meio à expansão do universo de oportunidades de rendimento.

US$ 2,3 bilhões em novos empréstimos marca um aumento de 17% do trimestre anterior e um aumento de 324% do segundo trimestre de 2019.

Gerações mensais de empréstimos na Genesis Capital continuam a atingir altas recordes – o segundo trimestre teve US$ 2,4 bilhões em empréstimos gerados, marcando um aumento de 17% em relação ao primeiro trimestre (Imagem: Genesis Capital, Messari)

O negócio da Genesis não esteve isolado da tendência recente de “yield farming”, em que protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) subsidiam liquidez ao distribuir tokens nativos a seus usuários.

Um possível efeito colateral disso é um aumento contínuo ou a diferença entre futuros e preço à vista, que resulta das taxas em dólares subsidiárias conforme negociadores podem vender à vista, comprar futuros e ganharem rendimentos em dinheiro pela venda à vista.

Apesar do empréstimo subsidiado em dinheiro, empréstimos em dinheiro da Genesis como uma porcentagem de seu livro total caíram de 36% para 32%.

Isso é resultado de uma curva estável de futuros que incentivou investidores ao regime de curto prazo pela tomada de empréstimos em bitcoin, vendendo-o à vista enquanto compra futuros de curto prazo, esperando que a curva aumente.

Composição do livro de empréstimos da Genesis Capital – empréstimos em dinheiro caem conforme investidores pegam bitcoin emprestado para apostarem no aumento da curva de futuros (Imagem: Genesis Capital, Messari)

Genesis negociou US$ 5,25 bilhões no segundo trimestre, US$ 4 bilhões a mais do que no primeiro trimestre.

A recém-criada mesa de derivativos negociou US$ 400 milhões em volume nocional em que a maioria é composta de produtos BTC/USD, apesar de terem negociado opções em muitos dos novos e futuros tokens de governança DeFi.

A equipe destacou algumas tendências emergentes que estão vendo no mundo de negociação:

Conforme cripto começa a se tornar cada vez mais institucionalizado, prime brokers como a Genesis têm um papel fundamental ao fornecer fundos e buscam se envolver, fornecendo eles com um conjunto completo de produtos que já existem no mundo financeiro tradicional.

Embora o mercado para prime brokers esteja se tornando cada vez mais competitivo, Genesis poderá permanecer dominante ao continuar seu crescimento em ritmo acelerado.

Confira o relatório sobre observações de mercado da Genesis referente ao segundo trimestre de 2020:

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 04/08/2020 - 12:02