Venda de NFTs Kia Sedona sofre hack e projeto vai à falência

17/09/2021 - 9:48
Traduzido e editado por Vitória Martini
Kia Carro
A venda dos tokens de reserva teve bons resultados, com arrecadação de US$ 3,1 milhões, mas ninguém esperava que o montante fosse roubado (Imagem: Pixabay/misskodak)

Já aconteceram diversos tipos de esquemas, fraudes e “puxadas de tapete” no mercado de rápido crescimento dos tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês). Porém, este se destaca por ser um tanto peculiar.

Logo de início, a venda dos NFTs em si se mostrou estranha. A ideia do projeto estava baseada em um recente meme da comunidade cripto no Twitter que menciona o modelo de carro Kia Sedona (a piada faz referência ao veículo ser um tipo de investimento que vale a pena – “hard money”).

Um grupo de dez pessoas anônimas, que estava por trás das vendas, criou um site chamativo, o qual recebeu o nome “Jay Pegs Auto Mart”. O site não era filiado à montadora de veículos de nenhum modo.

A venda foi de tokens de reserva DONA. Esses tokens poderiam ser adquiridos na plataforma Miso, da corretora descentralizada SushiSwap. Cada token DONA adquirido na venda poderia ser trocado por um NFT do Kia Sedona 2007 – com um suposto limite de 10 mil NFTs.

A venda dos tokens teve bons resultados. Foram arrecadados 864,8 ethers (ETH), cerca de US$ 3,1 milhões. Porém, o que a equipe anônima não esperava ter acontecido, quando escolheu usar a plataforma Miso, era de que todos os seus fundos fossem removidos.

De acordo com o diretor de tecnologia da SushiSwap, Joseph Delong, um programador anônimo inseriu um código malicioso na plataforma Miso, alterando o endereço de destino dos fundos enviados na venda dos tokens e inseriu seu próprio endereço.

Delong disse que as vendas do Jay Pegs Auto Mart foram as únicas afetadas e que todos os fundos arrecadados foram roubados. 

Delong acrescentou que a SushiSwap pediu às corretoras cripto Binance e FTX que identificassem o hacker, ao fornecerem suas informações de conhecimento de usuário (KYC), mas as companhias ainda não fizeram isso.

Ele disse que se os fundos não fossem devolvidos às 9 horas, no horário de Brasília, a plataforma havia instruído Stephen Palley, sócio da empresa de advocacia Anderson Kill, a registrar uma reclamação no Departamento Federal de Investigações (FBI).

No lado positivo, a página da Jay Pegs Auto Mart no Twitter garantiu aos compradores que, apesar de não ter arrecadado nenhum dinheiro, distribuirá mesmo assim os NFTs do Kia Sedona.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 17/09/2021 - 10:47

Cotações Crypto
Pela Web