Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ásia: índice de blue-chips da China recua após Pequim estabelecer meta modesta de crescimento

05/03/2021 - 7:57
Mercados Ásia
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,34%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,04% (Imagem: Reuters/Aly Song)

As ações de blue-chips da China fecharam ligeiramente em baixa nesta sexta-feira, com os investidores digerindo a modesta meta de crescimento anual definida no relatório de trabalho do premiê chinês, embora as ações de tecnologia tenham se recuperado depois de um compromisso mais forte de apoiar a tecnologia doméstica.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,34%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,04%.

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, revelou uma meta modesta de crescimento econômico acima de 6% para o país este ano em seu relatório de trabalho, abaixo do consenso dos analistas, com a economia emergindo de um ano abalado pelos efeitos da Covid-19.

As empresas de tecnologia apresentaram desempenho superior depois que o relatório de trabalho disse que a China aumentará seus gastos anuais com pesquisa e desenvolvimento em mais de 7% ao ano nos próximos cinco anos.

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,23%, a 28.864 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 0,47%, a 29.098 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,04%, a 3.501 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,34%, a 5.262 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,57%, a 3.026 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,32%, a 15.855 pontos.

Em Cingapura o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,03%, a 3.013 pontos.

Em Sydney o índice S&P/ASX 200 recuou 0,74%, a 6.710 pontos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 05/03/2021 - 7:58