Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Banco central da China ajuda a derrubar sites de aposta que usavam tether para lavar fundos

22/10/2020 - 14:26
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Criminosos lavavam criptoativos para esconder a real origem dos ativos; 77 pessoas foram presas (Imagem: Freepik/macrovector)

O Banco Central da China (PBoC, na sigla em inglês) anunciou ter interrompido atividades ilegais de apostas on-line que envolviam o uso de criptoativos para fluxo de capital internacional.

Nesta quinta-feira (22), por meio da plataforma WeChat, o banco central deu detalhes sobre suas iniciativas recentes em ajudar autoridades a derrubarem operações de apostas on-line.

Geralmente, esses sites são criados por servidores estrangeiros e adotam diversas formas para permitir que usuários nacionais desviem do controle de capital da China e transfiram dinheiro para o exterior, afirmou o banco central.

Em um caso mais recente, a filial do PBoC na cidade de Huizhou, província de Guangdong, ajudou a polícia local a derrubar três sites de apostas e prender 77 suspeitos que usavam tether (USDT) em transações internacionais para lavar seus lucros — equivalentes a quase 120 milhões de yuans, ou US$ 18 milhões, segundo a publicação.

“O caso não envolvia apenas transferências bancárias, mas também criptomoedas, e foram ‘lavadas’ em diversas camadas para que o fluxo de capital fosse extremamente esquivo”, explicou o banco.

Como identificar um golpe de criptoativos?

Esses casos representam uma investigação bem mais ampla nos últimos meses pelas autoridades chinesas sobre atividades econômicas ilegais que, aparentemente, fizeram com que diversas contas bancárias de investidores chineses em mercados de balcão (OTC) fossem congeladas pelas autoridades.

Recentemente, pelas redes sociais, alguns investidores de OTC começaram a falar sobre o congelamento de fundos devido à associação a atividades como esquemas Ponzi, apostas on-line e fraudes de telecomunicação.

Na época, foi noticiado que a polícia da província chinesa de Guangdong tomou tais medidas e que a escala poderia impactar milhares de pessoas.

A situação se agravou desde então, pois investidores cripto de OTC foram levados à delegacia devido às investigações sobre lavagem de dinheiro, sob a acusação de suas mesas de OTC terem facilitado transações entre fiduciárias e cripto para atividades ilegais.

Fabrício Alexandre: qual é a relação
entre o bitcoin e a deep web?

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 22/10/2020 - 14:26