Como identificar um esquema fraudulento que envolve criptoativos?

Brave New Coin
29/06/2021 - 16:08
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Uma das desvantagens de qualquer ciclo de alta no mercado cripto é o grande aumento de esquemas de “pump and dump”. Esse fenômeno ressurgiu em 2021. Este artigo te ajuda a identificar um esquema fraudulento quando você o vir e quais moedas são possíveis alvos (Imagem: Unsplash/neonbrand)

Embora o bitcoin (BTC) esteja sendo aceito como uma classe alternativa de ativos via plataformas regulamentadas, atraindo o interesse de investidores institucionais e tenha seus contratos futuros, o mercado de altcoins — criptomoedas alternativas ao bitcoin — ainda está numa espécie de “faroeste” — conforme projetos de “boa reputação” ainda estão sofrendo, como os ataques de 51% à Ethereum Classic (ETC).

2021 tem sido um ano agitado para fraudadores, então investidores em cripto precisam se atentar ao fato de que muitas criptomoedas continuam vulneráveis a roubos pelos esquemas de “pump and dump”.

John McAfee seria acusado de “pump and dump”

Em maio, autoridades federais anunciaram sua intenção de acusar o empreendedor de tecnologia recém-falecido John McAfee, após ligá-lo a diversas iniciativas de pump and dump envolvendo criptoativos.

Autoridades alegaram que, entre 2017 e 2018, McAfee promovia uma “moeda do dia” por meio de sua conta no Twitter sem avisar a seus seguidores de que ele e seus associados já haviam adquirido posições da moeda e que eles iriam vendê-la quando seu preço subisse.

O esquema envolvia inúmeros criptoativos, incluindo Verge (XVG), dogecoin (DOGE) e reddcoin (RDD). Essa medida coercitiva foi a primeira apresentada pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) de um esquema manipulador que envolvia criptoativos.

Segundo Vincent McGonagle, diretor da comissão:

Esquemas manipuladores e fraudulentos, como o alegado neste caso, comprometem a integridade e o desenvolvimento dos criptoativos e enganam pessoas inocentes e seu suado dinheiro.

A inovação financeira está em constante evolução e as iniciativas coercitivas da CFTC devem acompanhar [a inovação]. Sempre iremos agir para responsabilizar fraudadores e manipuladores por má conduta.

Elon Musk manipulou o preço do bitcoin?

Este ano, o bitcoin caiu mais de 50%, de sua alta recorde de US$ 64 mil, após Elon Musk, CEO da Tesla (TSLATSLA34), negou que havia manipulado o bitcoin.

A retratação foi publicada após Magda Wierzycka, CEO da empresa de serviços financeiros Sygnia, tê-lo acusado:

[A] volatilidade que vimos é uma função inesperada do que eu chamaria de manipulação de mercado por Elon Musk e, se isso acontecesse a uma empresa listada em bolsa, ele seria investigado e severamente punido pela SEC [Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA].

Wierzycka, que havia feito seus comentários no podcast Money Show, acusou Musk de comprar uma posição em bitcoin e, em seguida, anunciar sua posição para inflacionar o preço da moeda antes de vendê-la no auge.

Em resposta, Musk disse que “a Tesla só vendeu 10% de suas posses para confirmar que o bitcoin poderia ser facilmente liquidado sem ter de movimentar o mercado”, em referência à venda de bitcoins no primeiro trimestre pela Tesla, resultante em lucros de US$ 272 milhões após diversos tuítes que apoiavam a criptomoeda.

É importante lembrar que Musk pagou US$ 40 milhões em 2018 para firmar um acordo com a Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA (SEC) após acusações de que ele estava falando sobre o fechamento de capital da Tesla.

Segundo a acusação da SEC, os tuítes enganadores de Musk fizeram com que o preço da ação da Tesla disparasse mais de 6% em 7 de agosto de 2018, resultando em um enorme abalo de mercado.

A SEC também acusou a Tesla de não implementar controles e procedimentos de divulgações financeiras relacionados aos tuítes de Musk — acusação que resultou em outro acordo.

O que é um esquema de “pump and dump”?

Esquemas de “pump and dump” não são novidade — são um tipo de fraude de valores mobiliários que existem há décadas, cujo foco eram mercados acionários — mais especificamente, ações de “small caps”, ou seja, de empresas de baixa capitalização de mercado.

No mercado de ações, esse esquema acontece quando um pequeno grupo de investidores escolhe e adquire ações de uma empresa com baixa capitalização de mercado, causando, assim, um disparo inicial nos preços.

Em seguida, centrais de atendimento — também conhecidos como “casas de caldeiras”, do inglês “boiler rooms” — ligam para possíveis investidores privados com o objetivo de convencê-los a comprarem a ação ao fornecerem informações falsas, dizendo que a ação está prestes a gerar rendimentos significativos.

Quando os investidores forem ludibriados a comprarem a ação e o preço aumentar o suficiente, o grupo inicial de investidores vai vender seus ativos para obterem lucros antes de o preço despencar e todos os investidores seguintes terem um grande prejuízo.

No mercado de ações, esse esquema acontece quando um pequeno grupo de investidores escolhe e adquire ações de uma empresa com baixa capitalização de mercado, causando, assim, um disparo inicial nos preços (Imagem: Pixabay/sergeitokmakov)

Esse tipo de fraude de valores mobiliários também acontece nos mercados de criptomoedas. O modus operandi mudou, mas os esquemas de pump and dump continuam por aí e estão entrando no mercado das altcoins por conta de sua natureza desregulamentada.

Esses esquemas têm, como alvo, criptomoedas com baixa capitalização e tokens digitais que possam ser facilmente manipulados, com baixos volumes de negociação. Em vez de centrais de atendimento, as inflações de preço são feitas via notícias falsas sobre uma moeda nas redes sociais.

No YouTube, a seção de comentários de vídeos com a temática cripto é o alvo principal de um hype sobre uma moeda. Por exemplo, a seção de comentários do canal da Brave New Coin (BNC) no YouTube é moderada diariamente para evitar possíveis esquemas fraudulentos.

Na plataforma, as pessoas tentam forjar discussões e injetar comentários sobre uma moeda que estão tentando promover por meio de conversas que parecem genuínas.

Segundo os exemplos abaixo, o formato é facilmente reconhecível — geralmente, começa com um agradecimento e, em seguida, uma pergunta sobre uma moeda ou projeto específico.

Publicados em muitos outros canais, esses tipos de comentários dão a impressão de entusiasmo verdadeiro sobre um projeto enquanto, na realidade, não existe o mínimo interesse.

Crypto Scam 1

Crypto Pump and Dump

Scammers 4

A comunicação entre membros de grupos fraudulentos ocorre em plataformas de mensagens criptografadas, como o Telegram, onde grupos podem ter milhares de membros, cuja entrada só é possível por meio de um convite.

Nesses chats, uma moeda a ser “inflacionada” será anunciada após o autor original do esquema comprar a moeda. Em poucos minutos, membros do grupo também compram e, em seguida, espalham notícias falsas em sites via conteúdo patrocinado.

Quando o preço dispara, os promotores do esquema vendem seus ativos, assim como os outros membros do grupo fraudulento. Depois, o preço despenca novamente, dando um enorme prejuízo aos investidores que compraram antes do disparo de preço.

Em 2021, outro fenômeno que separa investidores ingênuos de seu dinheiro são projetos cripto que não se importam com a pretensão de criar um produto ou um caso de uso. Este ano, muitas vezes a BNC foi abordada por projetos que querem pagar pela promoção de sua oferta inicial de moeda (ICO) ou arrecadação de capital.

Ao analisar seus sites e whitepapers, não há modelo comercial ou caso de uso tecnológico algum. E, quando há algum propósito, não faz sentido, comercialmente falando.

O modelo financeiro desses projetos é que fundos são gastos na emissão de trilhões (ou quadrilhões) de tokens, seguidos por um forte marketing, sites com ótimo design e grande impulsionamento nas redes sociais.

O objetivo final desses tokens é a listagem em uma grande corretora em que, na melhor das hipóteses, a dinâmica especulativa faz o jogo acontecer. A Brave New Coin não promove esses tipos de projetos, mas grande parte dos sites cripto continua fazendo isso.

Como identificar um esquema fraudulento de cripto?

Quando você vir artigos patrocinados sobre uma pequena que surge em conjunto com um alvoroço nas redes sociais a respeito de um determinado projeto de criptoativos, desconfie (Imagem: Unsplash/christianw)

A maneira mais fácil de identificar um esquema de pump and dump é quando uma moeda desconhecida surge de repente e tem um aumento significativo sem motivo algum. Isso pode ser visto facilmente no gráfico histórico de preço de uma moeda.

Coincheckup, por exemplo, configurou um aumento de 5% em menos de cinco minutos como seu indicado.

Além disso, quando você vir artigos patrocinados sobre uma moeda “small cap” que surge em conjunto com um alvoroço nas redes sociais a respeito de um determinado projeto de criptoativos, isso pode ser um sinal.

Se uma moeda completamente desconhecida, com uma capitalização de mercado de apenas alguns milhões de dólares, aparecer, de repente, no Twitter e no Facebook, preste muita atenção.

Como se proteger desses esquemas?

Pesquisas e constante atualização de informações sobre um projeto — e não dicas em redes sociais — são essenciais para evitar cair nesse tipo de esquema (Imagem: Unsplash/neonbrand)

Geralmente, esquemas de pump and dump estão limitados a moedas com baixíssimos volumes de negociação e capitalizações de mercado. Ao evitar criptoativos ilíquidos, suas chances de ser uma vítima desses esquemas são reduzidas drasticamente.

Além disso, evitar seguir conselhos de investimento em redes sociais ou de artigos patrocinados também irá prevenir que você tenha prejuízo por conta desse tipo de manipulação de mercado.

Havia uma época em que você podia confiar na apuração e verificação pela equipe dos sites que você acompanha.

Uma boa dica é lembrar que qualquer um que prometa que sabe qual moeda vai subir ou cair possui um outro objetivo.

Um aumento repentino de preço sem uma base de notícias que deem autenticidade a esse aumento indica um possível esquema de pump and dump.

Além disso, se o gráfico histórico de preços afirma que a queda é iminente, é melhor o ativo caso você não tenha feito sua lição de casa sobre o projeto e seu possível valor no futuro.

O fórum BitcoinTalk é um bom lugar para fazer pesquisas, além do Reddit. No geral, a ampla comunidade cripto gosta de se autorregular e denunciar agentes fraudulentos que prejudiquem a reputação da comunidade.

Entrar em contato direto com os projetos de criptomoedas e tirar suas dúvidas é uma maneira ainda melhor de estudar sobre uma moeda antes de investir nela. Por fim, a pesquisa independente também pode ser utilizada para tomar melhores decisões de investimento.

A CTFC vai pagar por denúncias

A CTFC quer pagar recompensas a delatores que contribuírem com informações valiosas que resultem na localização dos autores por trás desses esquemas (Imagem: Reuters/Andrew Kelly)

Para combater o infeliz fenômeno dos esquemas de pump and dump nos mercados de criptoativos, a CTFC oferece incentivos financeiros para delatores que estiverem nesses grupos fraudulentos.

A CTFC publicou uma declaração de aconselhamento aos consumidores, alertando-os desse tipo de esquema cripto. A CTFC aconselha “os consumidores a evitarem esquemas de pump and dump que possam acontecer com moedas virtuais e digitais ou tokens novos e ‘alternativos’.

Consumidores não devem adquirir esses ativos com base em dicas em redes sociais ou auges repentinos de preço”.

A CTFC também informou aos consumidores que “poderiam receber uma compensação monetária entre 10% e 30%” se membros de grupos de pump and dump conseguirem fornecer informações originais que “resultem em sanções monetárias de US$ 1 milhão ou mais”.

Em outras palavras, a CTFC quer pagar recompensas a delatores que contribuírem com informações valiosas que resultem na localização dos autores por trás desses esquemas.

A prática de pagar delatores não é nova, e sim bem comum nos mercados financeiros tradicionais — a SEC, por exemplo, paga centenas de milhões de dólares todo ano. No entanto, só em 2019 que reguladores norte-americanos começaram a ficar de olho nos mercados de criptoativos para esse fim.

Matéria originalmente publicada em 15 de novembro de 2019 e atualizada em 29 de junho de 2021 devido ao acréscimo de informações por nossos parceiros da Brave New Coin.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 29/06/2021 - 16:11

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto