Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BNDES prepara venda de debêntures da Vale

07/10/2020 - 20:02
A meta do BNDES é vender 90 bilhões de reais de sua carteira de títulos até o fim de 2022 (Imagem: Arquivo/Agência Brasil)

O BNDES espera concluir a venda de cerca de 2 bilhões de reais em debêntures da Vale (VALE3) até o início do próximo ano, disse um executivo do banco de fomento nesta quarta-feira.

Em setembro, o BNDES informou que contratou bancos para coordenar a oferta, como parte de sua estratégia para se desfazer dos títulos por seu braço de investimentos, BNDESPar, e focar principalmente em pequenas empresas e infraestrutura.

O governo federal também vai se juntar ao BNDESPar na venda das chamadas “debêntures participativas” da Vale, em uma oferta que pode chegar a 6 bilhões de reais, disse em entrevista o diretor-gerente de privatizações, Leonardo Cabral.

O banco vendeu 42 bilhões de reais em ações da empresa até agora em 2020. O BNDES levantou 6,91 bilhões de reais na semana passada com a venda de sua participação na Suzano (SUZB3).

O banco teve lucro de cerca de 2 bilhões de reais com a venda das ações, que detinha há décadas.

No início do ano, o BNDES também vendeu ações da Vale e da Petrobras.

Cabral disse que o banco está monitorando o apetite do mercado em vender fatias adicionais na Petrobras e na Vale, mas acrescentou que há prazo claro para isso.

A meta do BNDES é vender 90 bilhões de reais de sua carteira de títulos até o fim de 2022 e já vendeu metade disso até agora.

Algumas empresas do portfólio podem demorar mais para serem vendidas, acrescentou. O banco está pedindo a outros investidores do JSB (JBSS3) que apóiem ​​uma ação coletiva contra executivos da empresa e acionistas controladores em busca de indenização por danos causados ​​por esquema de suborno.

Os acionistas decidirão se apoiarão o BNDES em assembleia de acionistas marcada para 30 de outubro. O BNDES não venderá sua participação na empresa antes de colher os ganhos potenciais da ação, disse Cabral

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , , , ,

Última atualização por André Luiz - 07/10/2020 - 20:02