Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BR Distribuidora integra FTSE4Good, índice de investimentos éticos da Bolsa de Londres

11/09/2020 - 18:57
Diesel Combustível Postos
Para ser parceiro da BR Distribuidora, o fornecedor deve seguir o Código de Ética, o Guia de Conduta e a Política de Responsabilidade Social da companhia (Imagem: REUTERS/Diego Vara)

A BR Distribuidora (BRDT3) passou a integrar o FTSE4Good, índice criado pela Financial Times Stock Exchange Russell (FTSE), divisão da Bolsa de Londres. que avalia as práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG) das empresas.

A BR Distribuidora foi convidada para participar do processo de avaliação, que considera 100 indicadores ESG divididos em sete temas: mudança climática, governança corporativa, direitos Humanos e comunidade, padrões de trabalho, cadeia de valor social, cadeia de valor ambiental e transparência tributária.

Além do FTSE4Good, a distribuidora de combustíveis compõe o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 (B3SA3) desde o fim do ano passado.

“A sustentabilidade, a responsabilidade social e a governança são valores fundamentais para a BR Distribuidora. Receber esse reconhecimento de duas instituições desse porte demonstra que estamos no caminho certo”, comenta o presidente da companhia, Rafael Grisolia.

Ao longo do último ano, a BR Distribuidora desenvolveu uma série de iniciativas ligadas ao meio ambiente. Além de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, a empresa tem avançado com suas ações de redução do uso de recursos naturais, gestão de recursos hídricos e minimização de geração de resíduos sólidos.

A conscientização se estende para a cadeira produtiva da companhia. Os parceiros devem seguir o Código de Ética, o Guia de Conduta e a Política de Responsabilidade Social da companhia.

“Para que eles possam constar no cadastro da companhia, as empresas fornecedoras precisam concordar com um Termo de Responsabilidade Social, que contempla temas relacionados a práticas trabalhistas e direitos humanos, tais como proibição de trabalho infantil e de trabalho forçado (análogo à escravidão ou em condições degradantes), liberdade de associação e negociação coletiva e coibição de discriminação de gênero, raça, religião ou orientação sexual”, lista a BR Distribuidora.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 11/09/2020 - 18:57