Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

De olho no IPCA e na Selic? Veja projeções do Goldman Sachs, Capital Economics e LCA

10/07/2019 - 13:06
Analistas projetam menores pressões inflacionárias (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Diante da leve variação positiva de 0,01% no IPCA de junho, Goldman Sachs, LCA e Capital Economics apresentam seus pareceres em relação às perspectivas inflacionárias e à Selic.

Para o Goldman Sachs, “o grande hiato negativo no nível de produto, o alto nível de folga no mercado de trabalho, as expectativas de inflação bem ancoradas e perspectivas moderadas para o crescimento do PIB real de curto prazo devem contribuir para manter a inflação bem ancorada”.

Em decorrência, a instituição norte-americana acredita em início de ciclo de afrouxamento monetário pelo Copom, de 100 pontos-base no total, iniciando na próxima reunião de 31 de julho deste ano.

Por outro lado, o economista Alberto Ramos fundamenta as expectativas na aprovação da reforma da Previdência antes do recesso de 18 de julho.

Por sua vez, a Capital Economics acredita que “a queda da inflação para 3,4% em junho, em patamar abaixo da meta do Banco Central, indica que a política monetária deverá ser mais frouxa em breve”.

“Com a economia lutando para crescer, uma mudança para o afrouxaemento monetário é altamente provável”, completa o economista-chefe para mercados emergentes William Jackson. A instituição londrina projeta corte de 25 pontos-base na Selic na próxima reunião.
Por fim, a LCA destaca a redução nas expectativas inflacionárias. “Rebaixamos nossas projeções para o IPCA em 2019 e 2020 – em ambos os anos a taxa anual passou de 3,9% para 3,8%”, aponta a consultoria.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 10/07/2019 - 13:06