Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Dep.Áureo sobre criptomoedas: “O que a gente quer é regular esse mercado de forma muito libertária”

19/09/2019 - 17:01
Aureo Ribeiro
O Deputado Áureo se posicionou de forma muito positiva à futura regulação que os deputados estão debatendo na Comissão Especial que está discutindo o tema das criptomoedas (Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

Ontem foi realizado na Câmara, mais uma reunião deliberativa da Comissão Especial PL 2303/15, que visa regular as criptomoedas e programas de milhagens, de autoria do Dep.Áureo Ribeiro (Solidariedade/RJ).

Após ouvir os expositores convidados para falarem sobre o mercado de criptoativos e as experiências em curso fora do país, o Deputado Áureo fez suas colocações, sobre as sugestões dos especialistas que foram unânimes em apresentar a possibilidade de porque não permitir a autorregular como já é feito no Japão e no Reino Unido, como sugerido pelo prof.Marcos Nóbrega e Anne Chang, visto que ainda não se sabe quais as reais potencialidades e possibilidades que esse mercado pode vir a apresentar.

“O que a gente quer é regular esse mercado de forma muito libertária, inovadora para que aqui seja atrativo para as fintechs e esses jovens possam desenvolver suas startups e seus novos modelos de negócios aqui…”

Em outro momento ele também fala:

“Não é tributar, vamos separar regular de tributar. Tributar mata o mercado e cobrar impostos ninguém aguenta…a gente não quer tributar um mercado que não tem como tributar…” – Dep.Áureo Ribeiro.

Também foi aprovado, o requerimento do deputado Júnior Bozzella (PSL/SP), convidando o Presidente da Associação dos Clientes de Corretoras de Criptoativos (ACCripto), Diego André Martins e o presidente da Associação Brasileira de Criptoativos e Blockchain (ABCB), Fernando Furlan para a próxima audiência no dia 25/09.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Leandro França de Mello - 19/09/2019 - 21:44