Dfinity: usos do token ICP, aplicativos descentralizados e os riscos do protocolo

15/05/2021 - 11:04
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Confira, na terceira parte do superartigo escrito por Mira Christanto e Wilson Withiam, da Messari, do que se trata o projeto Dfinity e seu “Internet Computer” (Imagem: Medium/Dfinity)

Parte 1 / Parte 2

Usos do token ICP e tokeconomia

No momento, existem dois tokens nativos: ICP — o token nativo de governança, usado para gerenciar a rede — e Cycles — stablecoin usada para impulsionar a computação.

Tokens ICP são capazes de realizar três grandes funções: duas são inflacionárias enquanto uma é deflacionária.

Facilitar a governança da rede (inflacionária)

Tokens ICP podem ser bloqueados no NNS, o sistema algorítmico de governança do protocolo que gerencia a rede, para serem usados na criação de neurônios, que podem votar em propostas.

Um neurônio bloqueia um saldo de utility tokens ICP e permite que seu detentor participe da governança da rede, além de obter recompensas por votação. Essas recompensas também são pagas em ICP.

Todo mês, o NNS rastreia a proporção de votos que um neurônio participa para pagar uma parte “pro-rata” (determinada) da recompensa. Para maximizar a participação, bem como as recompensas, é possível que usuários deleguem votos para outros neurônios confiáveis.

A conversão para o saque de ICPs não é instantânea e demora um período de “dissolução”. Usuários podem estabelecer a duração do atraso de dissolução. Quanto mais longo for o atraso de dissolução, maior o poder de votação do neurônio e maiores as recompensas de votação.

É parecido com Curve Finance, onde bloqueios mais longos (irreversíveis), de até quatro anos, impulsionam o poder de votação para alinhar os acionistas ao sucesso a longo prazo da rede. Atrasos de dissolução podem ser aumentados, mas não diminuídos.

Para começar a contagem regressiva de desbloqueio, usuários devem aplicar o neurônio em modo de dissolução. Atualmente, para participar da votação, o atraso de dissolução deve ser estabelecido entre seis meses a oito anos.

Outra forma que neurônios podem aumentar o poder de votação e as recompensas é “envelhecerem”, cuja medida é pelo tempo que se passa desde sua última configuração no modo de dissolução.

Os 370 investidores iniciais do token na rodada “seed” tiveram uma vantagem. Podem trocar por um período mais longo de dissolução para obter vantagem da alta idade pré-existente ou podem dissolver seus neurônios para obter seus tokens ICP.

Participação de recompensas (inflacionária)

A rede emite novos tokens ICP para recompensar agentes principais. Além de recompensas de votação àqueles que participam da governança, “recompensas computacionais” (do inglês “compute rewards”) são dadas àqueles que operam as máquinas de nós que hospedam a rede.

O NNS gera novos tokens ICP para nós de recompensa que são operados por centros de dados e neurônios. Esse esquema de recompensas é inflacionário ao fornecimento.

(Imagem: Messari)

A produção de Cycles para processamento (deflacionário)

ICP pode ser convertido em tokens Cycles como combustível para o processamento por canisters. A taxa de câmbio entre ICP/Cycles depende de mercados externos — como a queima de 1 SDR (um ativo criado pelo FMI, que contém dólar, euro, yuan, iene e libra) sempre irá criar um trilhão de Cycles.

Terra também fornece uma stablecoin baseada em SDR chamada TerraSDT, mas o mecanismo de queima do ICP é uma nova função de estabilidade. Canisters de software devem ser alimentados por Cycles, que são queimados durante o processo computacional ou gestão de memória.

Conforme a quantidade de cálculos na rede cresce, a demanda pela queima de Cycles aumenta e, assim, mais ICPs são queimados.

Diferente da Ethereum, usuários não pagam taxas. Desenvolvedores estão pré-cobrando os canisters com Cycles por uma certa quantia de unidades computacionais.

Essa experiência de usuário é parecida com a forma como a internet tradicional funciona, em que desenvolvedores pagariam AWS pelos serviços em nuvem. Assim, usuários não precisam obter tokens ICP para interagir com serviços de hospedagem ou saber que estão operando em um blockchain.

A queima de tokens ICP para a conversão de Cycles a fim de alimentar a computação é deflacionária. Basicamente, centro de dados e detentores de neurônios trocam tokens ICP com detentores e gestores de canisters. Convertem ICPs para Cycles e esses Cycles alimentam os canisters para que estes operem.

(Imagem: Dfinity)

Para evitar taxas de gás, Cycles é uma stablecoin que garante que o custo computacional não varie em relação ao ICP. Primeiro, o mecanismo de conversão de um trilhão de Cycles em troca de 1 SDR equivalente a ICPs.

Segundo, se há um superávit de Cycles, usuários não precisam converter seus ICPs e podem adquirir os Cycles subvalorizados no mercado para que sejam queimados por combustível para a computação. No futuro, quando todos os Cycles excedentes forem queimados, o valor voltará ao seu lastro.

Apenas quando o equilíbrio for rebalanceado os usuários poderam novamente queimar seus ICPs por Cycles. Após iterações de stablecoins algorítmicas e stablecoins com garantia (“collateralized”), Dfinity oferece um novo método de produção de um valor estável.

Para manter taxas baixas de gás e escalar ao infinito, a CKT é aplicada. O IC pode — com segurança e resiliência suficientes — replicam a computação e os dados (não relacionados à governança) entre algumas máquinas de nós, dado que são provenientes de sete centros independentes de dados.

Assim, mesmo se a memória do canister no IC for relativamente cara, de US$ 5 por gigabyte (GB) por ano, a estrutura garante a aplicação eficiente dessa memória. Isso é bem barato em comparação a outros blockchains.

Para fins de comparação, um relatório de junho de 2017 estimava que, se um usuário tentasse armazenar e enviar dados na Ethereum por tempo indefinido, o custo seria de US$ 4,7 milhões por GB.

Dito isso, blockchains, como Ethereum, não são especificamente criados para o armazenamento de grandes quantidades de dados, como imagens, vídeos e áudio.

O uso de Cycles se estende para a camada de aplicação. Além dos compradores naturais dos tokens ICP incluírem aqueles que querem participar da governança da rede, bem como desenvolvedores que precisam converter ICPs em Cycles para pagar pelo poder computacional.

No futuro, serviços abertos de internet serão desenvolvidos a partir de códigos autônomos que são gerenciados por sistemas abertos de governança tokenizada, que funciona assim como o NNS.

Além disso, cada canister pode criar seu próprio token se desejar, armazenar qualquer quantia e enviar tokens a outros canisters como parte de solicitações de funções (buscas ou atualizações).

A intenção é que cada serviço de internet tenha seu próprio token de governança, utilizado em votações e para, possivelmente, receber uma distribuição do valor criado pelo sistema autônomo.

Cada sistema de governança teria sua própria corretora financeira descentralizada com um token de governança que pode ser trocado por Cycles.

Fornecimento do token ICP

Quando a Dfinity Foundation foi criada, 9,5% dos tokens foram distribuídos para contribuidores iniciais. Em 10 de maio, na etapa final de descentralização, a proposta de “Destrave Gênese” fez com que o NNS lançasse os utility tokens ICP.

Isso significa que milhares de detentores de tokens irão criar “neurônios de votação” que controlam o NSS e, assim, toda a rede.

Grande parte do Cronograma de Destrave não Foi Determinada no Gênese – fornecimento total em circulação do token por tipo (Imagem: Dfinity, Messari)

Embora o cronograma de destrave seja bem-conhecido por investidores estratégicos e vendas privadas, não se sabe o número de tokens desbloqueados da Internet Computer Association, de membros da equipe, consultores, contribuidores iniciais e da Fundação.

Devido ao mecanismo de governança e de recompensas por participação, é provável que grande parte dos tokens seja bloqueado. A quantia travada irá depender de dois fatores.

Governança e recompensas

O ecossistema encontrará um equilíbrio natural de quantas recompensas são necessárias para obter uma quantidade ideal de participação. Considerando que a Dfinity quer que 90% do fornecimento do token seja bloqueado em neurônios, recompensas devem ser suficientes para atingir essa meta.

Para uma quantidade fixa de recompensas, menos participantes significam mais recompensas por participante, que devem convidar mais participantes (e, assim, bloqueando tokens ICP).

De início, recompensas precisarão ser maiores conforme o risco e a incerteza em relação à rede aumentam. Porém, conforme a rede se estabiliza, recompensas podem cair ao longo do tempo para refletir menores riscos.

Com base em estimativas das recompensas necessárias como uma porcentagem do fornecimento atual, Dfinity começará a distribuir 10% do fornecimento dos os anos, a ser reduzido para 5% daqui a oito anos, para refletir o baixo risco e, assim, as recompensas necessárias.

Emissão de novos utility tokens ICP para “Recompensas de Votação” com base na porcentagem do fornecimento total (Imagem: Dfinity)

Curve Finance possui um mecanismo parecido, com um período máximo de bloqueio de quatro anos. Neste momento, 49,5% de todos os CRVs em circulação estão bloqueados para votação por uma média de 3,7 anos.

Se ICP fosse seguir essa padrão, esperamos que metade dos tokens em circulação sejam bloqueados para votação por quase oito anos.

Pré-pagamento

ICP deve pré-carregar canisters com Cycles para permitir que funcionem por uma quantidade específica de poder computacional. É parecido com Filecoin, onde clientes bloqueiam fundos suficientes para cobrir o custo completo do acordo de armazenamento.

Com base nos mercados na FTX, o preço do token ICP é de US$ 312. Na plataforma, a capitalização de mercado é de US$ 22 bilhões enquanto a capitalização completa diluída é de US$ 85 bilhões. A antecipação do público pelo lançamento do IC fez o preço do token dispararem este ano.

Preço do token ICP – a febre de alta do mercado e o tão aguardado lançamento público do Internet Computer ajudou a impulsionar os preços do token para novas altas (Imagem: CoinGecko, Messari)

Isso classificaria o ICP em sexto lugar pela capitalização de mercado completamente diluída. Grandes corretoras estão prestando atenção.

Em 4 de maio, a Coinbase Pro anunciou que iria lançar o ICP no dia do lançamento (10), assim como a FTX. É bem provável que outras grandes corretoras façam o mesmo.

Top dez ativos por capitalização de mercado completamente diluída – no preço atual do ICP, o Internet Computer seria o sexto maior criptoativo por capitalização de mercado completamente diluída (Imagem: Messari, CoinGecko, FTX)

ICP possui um cronograma indefinido de fornecimento porque existem pressões deflacionárias e inflacionárias. Pressões deflacionárias irão depender do poder computacional sendo contribuído à plataforma, que depende da atividade no seu ecossistema.

Pressões inflacionárias são baseadas nas recompensas de votação e participação. Além disso, para participar da rede, tokens são bloqueados em neurônios. Assim, esses tokens não são líquidos e podem ser transferidos livremente para outras pessoas.

Governança

Dfinity pretende que o Internet Computer opere como um governo digital. O sistema de governança do NNS é responsável por uma variedade de coisas, incluindo a gestão de votação, a tokeconomia e os centros de dados.

Também monitora as máquinas de nós, buscando por variações estatísticas que podem indicar um comportamento falho. Embora o NNS seja um sistema aberto de governança, permite a participação na rede.

Um possível fornecedor de nós pode solicitar uma identificação de centro de dados para o NNS. Após a aprovação, o fornecedor de nós pode adquirir máquinas específicas, instalar o protocolo ICP e se conectar à rede ICP.

Qualquer um na rede pode bloquear ICP e criar um neurônio para enviar uma proposta ao NNS, que opera como uma organização autônoma descentralizada (DAO): participantes da rede dão seus voto e a decisão final é executada automaticamente pela própria rede.

Propostas ou são implementadas ou rejeitadas imediatamente ou após um atraso, dependendo de quantos neurônios votarem.

Para evitar que usuários gerem spam no NNS com propostas, uma taxa é aplicada ao neurônio que enviar uma proposta rejeitada. Assim, o neurônio do usuário (com tokens ICP bloqueados) será penalizado.

(Imagem: Medium/Dfinity)

O NSS permite que participantes estabeleçam suas preferências antes de votarem em uma proposta, então a emissão de um voto não é mais um processo manual. Conforme mencionado acima, votos são dados por usuários por meio de neurônios ou podem ser delegados a outras partes confiáveis.

O governo digital também possui um mecanismo de metagovernança, onde o NNS também tem a autoridade de alterar o código nas sub-redes — controlando todos os aplicativos apoiados pelo ecossistema.

Por um lado, isso significa que sub-redes não são resistentes à censura e estarão sob a supervisão da comunidade.

Assim, a comunidade decide o que é desejável e o que não é. Isso é parecido com a internet tradicional, em que a App Store pode escolher remover um aplicativo específico ou um mecanismo de pesquisa pode decidir quais sites podem ser classificados como mais relevantes do que outros.

O conceito da metagovernança é relativamente novo. Ainda não se sabe o que isso significa para o ecossistema da Dfinity.

No futuro, se houver diferentes facções, é possível que a comunidade possa agradar todos os lados (para evitar uma separação ou bifurcação, ou “fork”) ao decidir que haja diversos ecossistemas discretos.

Por exemplo, na internet tradicional, o YouTube tem um ecossistema para adultos e outro para crianças, dependendo da experiência de usuário desejada.

Em relação a outros projetos de primeira camada, o risco de bifurcação diminui conforme a camada se torna mais madura e segura com maiores valores bloqueados.

Ecossistema de aplicativos

O ICP pode ser usado para desenvolver uma variedade de novos produtos. Por exemplo, pode desenvolver serviços tokenizados de internet: sistemas DeFi, comerciais e de sites.

O IC também está apresentando uma “Internet Identity”, que gerencia dados de usuários sem nomes de usuário, senhas ou chaves criptográficas. Essa identidade de internet pode ser usada para acessar aplicativos, sob a segurança criptográfica da CKT.

Isso significa que usuários não são rastreados com cookies por sites e serviços, facilitando a gestão de privacidade.

Dfinity espera ver versões descentralizadas do WhatsApp, TikTok e Facebook sendo construídas usando menos de mil linhas de código e capazes de integrar milhões de usuários. Atualmente, existem diversos aplicativos no ecossistema IC:

O ecossistema Dfinity – aplicativos disponíveis no Internet Computer (Imagem: Messari)

 

Infraestrutura

Fleek: facilita a criação de sites e aplicativos na internet aberta. Todos os seus produtos são desenvolvidos nos protocolos implícitos que alimentam a Web3, como Internet Computer, InterPlanetary File System (IPFS), Filecoin e Ethereum. Arrecadou US$ 4 milhões para desenvolver uma camada-base de produtos, imitando a infraestrutura tradicional da internet de que qualquer aplicativo ou site precisa, como hospedagem, armazenamento, bases de dados, autenticação e funções sem servidor. Também fornece suporte ao Ethereum Naming Service (ENS) e o serviço descentralizado de nome de domínio da Handshake (HSN). Já existem 14 mil sites sendo operados no Fleek.

Dfinity Explorer: é um painel de código aberto e desenvolvido pela comunidade para o IC.

Aplicativos descentralizados (dapps)

Origyn: é uma plataforma pan-industrial para o rastreio da origem de bens luxuosos, começando com relógios de luxo.

Finanças Descentralizadas (DeFi)

Enso Finance: corretora descentralizada que arrecadou US$ 5 milhões em uma rodada de financiamento privado em abril de 2021. A rodada foi liderada pela Polychain, Dfinity, Multicoin e diversas outras empresas.

Tacen: é uma corretora descentralizada de alto desempenho e não custodial que arrecadou US$ 2,3 milhões.

DfiStarter: é a primeira oferta inicial de corretora descentralizada (IDO) do ICP, fornecendo serviços de financiamento, relações públicas e marketing, além de suporte de tecnologia para projetos que desejam se desenvolver no IC.

SailFish: é uma porta de entrada para serviços financeiros descentralizados. É uma corretora descentralizada com um componente social.

Redes sociais

Distrikt: rede descentralizada, social e profissional. É um LinkedIn descentralizado, promovida pela Dfinity em Davos no Fórum Econômico Mundial de 2020, que agora está sendo apresentado ao mercado. Arrecadou US$ 500 mil de financiamento inicial. Usuários podem controlar sua identidade autossoberana e governarem a comunidade.

– OpenChat: é a resposta do IC ao WhatsApp — uma versão descentralizada de seu aplicativo padrão de mensagens que não é comandado por uma grande corporação de tecnologia. É um aplicativo descentralizado de mensagens desenvolvido no Internet Computer, com um software de comunicação criptografada.

CanCan: aplicativo descentralizado de compartilhamento de vídeos. Basicamente, é uma versão aberta e tokenizada do TikTok, operada no Internet Computer e acessível por meio de qualquer navegador de internet ou dispositivo móvel. Mostra a escalabilidade e o poder do Internet Computer.

Capsule Social: plataforma descentralizada de rede social resistente à censura. A empresa arrecadou US$ 1,5 milhão do Beacon Fund do Polychain Capital, avaliando-a em US$ 10 milhões. Também possui é apoiada por Balaji Srinivasan, ex-diretor de tecnologia da Coinbase.

Canistore: é uma fornecedora descentralizada de serviços de comunicação, com suporte para vídeo, música e texto. Se apresenta como uma loja social de última geração, permitindo que usuários criem e compartilhem conteúdos sem terem de se preocupar com riscos de plataforma, como alterações nos algoritmos que afetam as classificações e o número de seguidores. Usuários podem obter recompensas por serem ativos, obterem direitos autorais pela distribuição de conteúdo, além de participarem da governança.

Dscvr.one: é a resposta do IC ao Reddit, com uma função personalizada de governança que gerencia desenvolvimentos futuros e revisão de conteúdo.

Avaliações

A sensibilidade da precificação de ICP no gênese é apresentada abaixo e é sempre atualizada. Quanto mais ICPs estiverem bloqueados, menor será o fornecimento e mais favorável será a ação de preço.

Sensibilidade de preço do token ICP – com base no fornecimento em circulação e na capitalização de mercado.

Já que o protocolo e seu ecossistemas ainda são novos, é difícil justificar uma avaliação justa para o ICP. Dados iniciaram em 24 de março de 2021 e, atualmente, existem 120 mil mensagens diariamente, o equivalente a transações.

Mensagens e canisters cumulativos do Internet Computer – atualmente, a rede Sodium fornece suporte a mais de sete mil canisters e processou cerca de 130 mil mensagens desde sua criação (Imagem: Dfinity Explorer, Messari)

Porém, se fôssemos comparar o valor do protocolo com o valor do ecossistema, poderíamos começar analisando Terra (LUNA) e Polkadot (DOT).

Assim como ICP, Terra possui projetos que não são de tokens, como Chia, MemePay, PayWithTerra, BuzLink e Kash. Polkadot se assemelha, pois a rede está no ar, mas projetos do ecossistema ainda não foram lançados lá e não têm preços oscilantes, pois leilões em parachains ainda não começaram.

Se analisarmos o Valor do Ecossistema / Valor da Camada (tabela abaixo), o valor dos tokens ERC-20 é maior do que o valor do ether (ETH). No canto inferior, temos LUNA, cujo valor do ecossistema é de 14% da capitalização de mercado em circulação do LUNA.

Se considerarmos que o valor do ecossistema contra o valor da camada ICP é 14% (assim como LUNA), então poderíamos esperar que a valoração do ecossistema ICP seria de US$ 3 bilhões.

Em comparação, a quantidade conhecida de financiamento entre aplicativos de ecossistemas é de cerca de US$ 10 milhões, sugerindo que ICP está precificado acima de seus competidores.

Avaliações do ecossistema vs. de camada – Dfinity vs. outras plataformas de contratos autônomos.

Talvez, Dfinity poderia argumentar que, já que o mercado disponível é maior, justifica uma avaliação maior. ICP está tentando substituir a Tecnologia da Informação tradicional, como Google, Oracle e AWS. A oportunidade apenas no mercado de serviços em nuvem poderia ser de US$ 1 trilhão.

(Imagem: McKinsey & Company)

Riscos

Dfinity irá imediatamente catapultar para os dez maiores criptoativos. O maior risco para precificá-lo é que o protocolo ainda não tem muita experiência prática. O código acabou de ser disponibilizado ao público e esperou para ser analisado apenas depois do lançamento.

Em defesa da Dfinity, seu código foi mantido em segredo para evitar bifurcações ou competição. A competição da Dfinity pode não ser apenas no escopo cripto, pois se estende à internet tradicional.

Seu baixo volume de negociação pré-listagem também é algo a se considerar. A precificação na FTX é de cerca da metade vista nas corretoras Hoo e MXC há alguns dias.

Além disso, também existe uma possível alta taxa de inflação. Junto com DOT, FIL e CAKE, possui um baixo fornecimento em circulação e, assim, uma inflação mais alta nos próximos dias — ICP possui um dos menores fornecimentos em circulação.

Isso poderia colocar pressão no preço, principalmente de detentores do token não bloquearem ICPs no ecossistema. Ainda não se sabe qual é o cronograma de distribuição de metade de seus tokens — incluindo aqueles mantidos pela fundação, pelos membros da equipe e outros parceiros.

Fornecimento em circulação como uma porcentagem completamente diluída ou diluída no ano 2050 (Imagem: Messari)

Por fim, Dfinity arrecadou US$ 120 milhões de investidores qualificados e empresas de capital de risco. Projetos que tiveram financiamentos bem-sucedidos geram muito hype. Porém, existe um risco de que avaliações completas não fornecem vantagens à comunidade.

Com uma comunidade robusta e comprometida, o projeto poderia enfrentar problemas no lançamento. Para compensar, a comunidade de desenvolvedores do Dfinity é uma das que mais cresce no setor.

Valores médios de desenvolvedores mensais em 100% no NEAR, Oasis, Flow, Avalanche, Dfinity e MobileCoin (Imagem: Electric Capital)

Dfinity tem planos ambiciosos e sua capitalização de mercado reflete essas ambições. A fundação publicou um roteiro de desenvolvimento (“roadmap”) de 20 anos, esperando que, em até cinco anos, sejam bem conhecidos entre empreendedores e usuários finais.

Em dez anos, espera que o IC esteja no caminho de ultrapassar o ecossistema privado das grandes empresas de tecnologia, onde o capital será retirado de empresas tradicionais de internet para o ICP, e DeFi estejam páreas à tecnologia financeira tradicional.

Em 20 anos, esperam que o ICP tenha substituído os ecossistemas das “big techs”. Dada a curta duração desde o lançamento da rede principal, ainda é muito cedo para dizer se Dfinity possui uma comunidade suficientemente forte ou capacidades de execução para atingir esses objetivos.

Além disso, está chegando relativamente tarde à festa dos protocolos de primeira camada e a competição já está bem intensa nessa etapa.

Dfinity possui grandes objetivos para refazer a internet tradicional. Quer operar a ETH 2.0 dentro de um canister no IC. O objetivo, embora enorme, irá depender da capacidade de execução da Dfinity.

Atualmente, é similar à Solana em termos de como centros de dados do IC controlam os nós que processam mensagens ou canisters de sub-redes. Também é similar à Ethereum 2.0, apesar de a Ethereum ter triangulado DeFi e transações de alto valor.

Ao todo, a competição entre protocolos programáveis de primeira camada está intensa. Dfinity é uma novata, que está oferencendo ao mundo um novo paradigma e uma nova tecnologia.

Dfinity foi lançada em meio ao ciclo de alta, talvez sendo impulsionada. Porém, a criação bem-sucedida de um computador mundial ainda está em jogo.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 13/05/2021 - 16:05

Pela Web