Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Instabilidade da Unimed cria oportunidades para Hapvida, NotreDame, Athena e Prevent Senior

17/06/2021 - 10:04
Nesse novo ciclo de suspensões pela ANS, a Unimed teve seis planos de saúde suspensos (de um total de oito) (Imagem: Pixabay)

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou na terça-feira a lista dos oito planos de saúde de cinco operadoras que terão a venda temporariamente suspensa por reclamações relacionadas à cobertura assistencial no primeiro trimestre.

Dos planos suspensos, três pertencem à Unimed Norte/Nordeste, dois à Unimed São Gonçalo-Niterói e um à Unimed Vertente do Caparaó. A Unimed Norte/Nordeste teve dois planos reativados.

Segundo o BTG Pactual, esse novo ciclo de suspensões reflete a instabilidade das unidades da Unimed.

“Olhando para 2020, dos 39 planos suspensos no ano, 33 vieram da Unimed. Enquanto isso, apenas 14 dos 21 planos reativados foram Unimed. No geral, a Unimed possui cerca de 35% de participação de mercado na indústria de saúde privada do país, mas mais no interior do Brasil (onde sua fatia é normalmente maior)”, comentou o banco. “Apesar de sua clara dominância fora das grandes áreas metropolitanas, algumas de suas unidades independentes têm vivenciado dificuldades financeiras (como refletido nas suspensões)”.

Para o BTG, a suspensão da venda dos planos de saúde da Unimed cria boas oportunidades de crescimento para outros players dominantes, como Hapvida (HAPV3), NotreDame Intermédica (GNDI3), Athena Saúde e Prevent Senior.

Do setor, os analistas da instituição mantiveram preferência por Hapvida, NotreDame, Rede D’Or (RDOR3), Dasa (DASA3), Blau Farmacêutica (BLAU3), Mater Dei (MATD3) e SulAmérica (SULA11).

“Esses players estão bem posicionados para a grande tendência de consolidação em saúde”, disse o BTG. “Hapvida e NotreDame são nossas top picks, já que diversos upsides relacionados ao acordo HAPV-GNDI [fusão] ainda não foram precificados – majoritariamente opex [despesas operacionais], impostos e sinergias de receita”.

O novo ciclo de suspensões de planos de saúde passa a vigorar nesta sexta-feira. Ao todo, 35.080 beneficiários ficam protegidos com a medida.

Foram analisadas 20.468 reclamações entre 1º de janeiro de 2021 e 31 de março de 2021.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 18/06/2021 - 18:29

Pela Web