Polícia da Malásia viraliza ao destruir mais de mil máquinas para a mineração de bitcoin

16/07/2021 - 15:57
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Imagens fortes: US$ 1,25 milhão em máquinas de mineração de bitcoin foi destruído sem dó pelo rolo compressor (Imagem: YouTube/DayakDaily)

Nesta sexta-feira (16), um vídeo que viralizou no Twitter fez com que muitos se perguntassem: quem destruiria um número significativo de equipamentos para a mineração de bitcoin (BTC) e onde? Resposta: a polícia da Malásia.

O vídeo, que mostra um rolo compressor destruindo centenas de máquinas com chips de circuitos integrados de aplicação específica (ASICs) para a mineração de bitcoin, começou a circular entre a comunidade chinesa de cripto na plataforma WeChat.

Alguns haviam especulado que o vídeo havia sido gravado ou na China ou na América Latina, pois o fundo do vídeo dificultou a distinção precisa do local.

Porém, de acordo com um artigo do jornal malásio The Star, foi a polícia da cidade de Miri, no estado de Sarawak, na Malásia, que estava se livrando de um total de 1.069 máquinas de bitcoin confiscadas em uma repressão recente de roubo de eletricidade.

Segundo o artigo, a polícia de Miri e a Sarawak Energy Berhad realizaram uma operação conjunta entre fevereiro e abril, prendendo oito pessoas por alegarem roubo de eletricidade para minerar bitcoin.

Os equipamentos de mineração de bitcoin, equivalentes a US$ 1,25 milhão, foram confiscados logo em seguida.

“Todos os confiscos realizados nos casos que foram resolvidos no tribunal hoje foram destruídos na sede da polícia do distrito de Miri”, segundo o relatório.

Outro jornal local incluiu outro vídeo com um ângulo diferente, que mostra a mesma operação da polícia local destruindo as máquinas.

Com base no mais recente mapeamento de mineração de bitcoin, compilado pelo Centro de Cambridge para Finanças Alternativas (CCAF, na sigla em inglês), a Malásia compunha pouco mais de 3% da taxa total de hashes — o poder computacional usado para minerar novos blocos — da rede Bitcoin em abril deste ano.

(Imagem: CBECI)

No entanto, ao longo dos anos, houve diversos relatos de que, na Malásia, operadores estão roubando eletricidade para minerar bitcoin em segredo.

Em março, a polícia do estado malásio de Melaka estava em busca de um minerador de bitcoin que alegadamente gerou um prejuízo de cerca de 9 milhões de ringgits malaios (ou US$ 2,2 milhões) a uma empresa local de serviços públicos.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 16/07/2021 - 15:57

Cotações Crypto
Pela Web