Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Qual é o valor justo de tokens do setor de finanças descentralizadas (DeFi)?

02/08/2020 - 11:00
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Tokens DeFi têm desempenho impressionante no mercado cripto. É possível apresentar um valor justo para esses tokens? (Imagem: Pixabay/geralt)

O valor total de ativos bloqueados no setor de finanças descentralizadas (DeFi) cresceu de US$ 677 mil no início de 2020 para quase US$ 4 bilhões em apenas oito meses.

Conforme o interesse no ecossistema DeFi aumenta, tokens tiveram melhor desempenho que os dez principais criptoativos, como ether e bitcoin.

O fenômeno de “yield farming” (em que investidores buscam pela melhor oportunidade de rendimentos possível em plataformas cripto) usado por tokens DeFi, como o token de governança da Compound Finance, forneceu mais dinamismo positivo para o mercado DeFi.

Embora pareça contraintuitivo, provavelmente é mais fácil calcular o valor de um token DeFi do que de uma criptomoeda, como o bitcoin.

O desafio de precificação justa do bitcoin

Atualmente, tokens DeFi funcionam como tokens de governança. Esses tokens dão direitos de votação por meio de dividendos e são usados para decidir o que será feito em uma plataforma. Assim, é difícil calcular o valor desses tokens. Porém, cedo ou tarde, plataformas começarão a cobrar taxas.

Na verdade, algumas plataformas DeFi já estão mantendo suas taxas em seus pools de comunidade (um grupo direcionado para o pagamento de desenvolvimento, propaganda e outras despesas.

A fonte é uma porção de taxas cobradas pelas transações de empréstimo de usuários e câmbio de moedas no ecossistema DeFi.

Embora dividendos não sejam pagos a detentores do token, será possível realizar pagamentos de dividendos no futuro caso a comunidade decida fazê-lo (Imagem: Freepik/fullvector)

Já que plataformas DeFi são corretoras descentralizadas e plataformas de empréstimo, fluxos de caixa — e taxas — podem ser geradas e rastreadas.

Assim, pode ser possível usar esses fluxos de caixa para calcular, de forma lógica, o valor de um token DeFi com o método de fluxo de caixa descontado (DCF).

Embora dividendos não sejam pagos a detentores do token, será possível realizar pagamentos de dividendos no futuro.

Além disso, já que o nível de taxas e pagamentos de dividendos são decididos em votações pelos detentores de token, o valor pode ser calculado ao considerar que os direitos de votação para a governança de uma plataforma DeFi serão os direitos de decidir sobre futuros dividendos.

Embora essas discussões sejam contínuas, já que não houve pagamento de dividendos, é difícil projetar a extensão na qual fluxos de caixa serão gerados por uma plataforma DeFi no futuro.

De qualquer forma, atualmente, muitos tokens estão sendo negociados a preços muito altos em comparação a níveis anteriores.

A atual situação em que tokens DeFi podem se tornar objetos de especulação, em vez de terem valor baseado em aspectos fundamentais, não é atípica nos mercados de altcoins (criptomoedas alternativas ao bitcoin).

Porém, é possível que quando o valor for corrigido, gradualmente haverá uma convergência de valor. Assim, durante um período em que o valor ainda não foi fixado e as movimentações de preço estiverem voláteis, o dinheiro está concentrado na empolgação da especulação.

O crescimento acelerado do setor
de Finanças Descentralizadas (DeFi)

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 31/07/2020 - 9:19