Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Vebitcoin é a mais nova corretora cripto a entrar em colapso após proibição na Turquia

26/04/2021 - 15:20
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Fornecedores de serviços de pagamento do país não podem incorporar criptoativos direta ou indiretamente em seus modelos de negócio (Imagem: Vebitcoin)

Na última sexta-feira (23), a corretora turca de criptomoedas Vebitcoin anunciou ter encerrado suas operações, tornando-se a segunda plataforma turca a entrar em colapso após o banco central do país ter banido por criptomoedas como uma opção de pagamento este mês.

“Lamentamos informar que essa situação fez com que passássemos por um processo muito difícil no setor financeiro”, disse a empresa em uma declaração traduzida. “Decidimos encerrar nossas atividades para cumprirmos com todas as regulações e alegações.”

Logo após ter decidido encerrar suas operações, quatro pessoas da Vebitcoin foram detidos sob acusações de fraude, segundo um promotor turco citado pela Reuters.

O Comitê de Investigação de Crimes Financeiros da Turquia (MASAK, na sigla em turco) também bloqueou contas bancárias estrangeiras relacionadas à corretora.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

Em 16 de abril, o Banco Central da República da Turquia (CBRT) proibiu criptomoedas como opção de pagamento, citando motivos como a associação de cripto com crime e seu mercado financeiro não regulado.

Mais especificamente, fornecedores de serviços de pagamento não podem incorporar criptoativos direta ou indiretamente em seus modelos de negócio.

A primeira corretora a entrar em colapso foi a Thodex, em 18 de abril.

Faruk Fatih Ozer, CEO da corretora, alegadamente viajou para a Albânia nos dias seguintes com US$ 2 bilhões em fundos de investidores para fugir das acusações de fraude — apesar de haver uma contestação no site da Thodex.

Ainda assim, a polícia local prendeu 68 pessoas que tinham ligação com a Thodex, segundo a agência estatal de notícias turca Anadolu. Desde então, MASAK abriu uma investigação e bloqueou as contas bancárias da corretora.

A legislação da Turquia contra criptomoedas entrarão em vigor em 30 de abril, apesar de não ser considerada como uma proibição direta, segundo o governador o CBRT Şahap Kavacıoğlu no canal estatal TRT.

Ele sugeriu que a definição legal de cripto e o método em que instituições devem armazenar criptoativos será esclarecida, noticia o Decrypt.

Embora a postura da CBRT sobre pagamentos com cripto esteja clara, o banco planeja testar uma moeda digital emitida por banco central (CBDC) em algum momento do segundo trimestre de 2021 — um ano depois do planejado.

Naci Ağba, presidente do CBRT, contou ao jornal turco Koin Bülteni que a fase de pesquisa e desenvolvimento está em andamento e a “fase conceitual” foi completada.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 26/04/2021 - 15:20

Pela Web